Projeção de volumes e custos: Sua empresa utiliza esse recurso?

Projeção de volumes e custos: Sua empresa utiliza esse recurso?
Publicado em 26/04/2017 - Atualizado em 13/05/2021 | Planejamento Orçamentário

Projeção de volumes e custos: Você já ouviu falar sobre isso? Embora seja um recurso muito utilizado por profissionais de controladoria e gestão a fim de um melhor gerenciamento financeiro e consequentemente controle de budget, não é aplicado a empresas de todos os segmentos.

O processo orçamentário pode ser demorado e um tanto quanto maçante. Em alguns casos, o planejamento financeiro pode levar meses para ser concluído e, portanto, quanto mais criteriosa for a sua realização, mais assertivos serão os resultados.

Para isso, uma série de recursos são utilizados para uma gestão inteligente de despesas e para o controle do orçamento empresarial. Normalmente, as empresas realizam o planejamento de RH, a fim de projetar a folha de pagamento e os encargos comuns ao setor.

Já o planejamento de vendas auxilia na projeção de metas e objetivos ligados a vendedores, produtos, lojas e filiais. O planejamento de investimentos também é importante para projetar a compra de bens, assim como a depreciação dos mesmos. Mas e a projeção de volumes e custos? 

 

Projeção de volumes e custos

Para entender esse recurso de uma forma simplificada, vamos imaginar a seguinte hipótese: Cláudia é controller de uma indústria de insumos agrícolas. Para realizar o planejamento orçamentário, ela precisa saber com exatidão, os custos com produção, custos com importações e exportações, estoque, maquinário, mão de obra e etc.

Para colocar tais custos com produção, de uma maneira geral, no planejamento econômico da empresa, Cláudia realiza a projeção de volumes e custos e planeja todas as despesas e receitas de um determinado período. Desta forma, é possível projetar os custos com matéria-prima, projetar o custo x volume, produção x vendas, entre outros.

Portanto, os segmentos de indústria e manufatura são os que mais utilizam a projeção de volumes e custos, já que a mesma possibilita o planejamento de todos os custos e despesas relacionadas a produção, tornando o budget mais ajustado e os resultados mais assertivos.

 

Software de gestão orçamentária

Dependendo do tamanho da empresa, realizar o planejamento de volumes e custos poderia ser demorado, assim como o planejamento financeiro como um todo. No entanto, instituições dos mais diversos segmentos estão utilizando software de gestão orçamentária para agilizar o processo e garantir muito mais segurança e mobilidade para as empresas.

Tal ferramenta realiza, não só a projeção de volumes e custos, como também todos os recursos citados nesse artigo, inclusive análise de performance do planejado x realizado, forecast, indicadores de desempenho e planos de ação. O software gera relatórios de fácil visualização e possui um dashboard completo, com diversos modelos de gráficos, proporcionando a consolidação de resultados em poucos segundos.

Há modelos que possuem armazenamento na nuvem, o que evita perda de dados e proporciona muito mais mobilidade ao gestor, com total segurança. E ainda há aplicativos robustos que funcionam como SAAS, com um excelente custo-benefício para a empresa. Vale a pena pesquisar a respeito. 

Leia Também

Projeção de custos fixos e variáveis:  4 vantagens em automatizar o processo

09/11/2021

Projeção de custos fixos e variáveis: 4 vantagens em automatizar o processo

Os valores fixos são levantados mais facilmente, visto que os gastos são essenciais para a execução das atividades e previstos com mais clareza; e os custos variáveis das operações são mais desafiadores, pois geralmente são relacionados ao volume de vendas. [Leia mais]

Planejamento orçamentário: 4 metodologias para aplicar em 2022

26/10/2021

Planejamento orçamentário: 4 metodologias para aplicar em 2022

O planejamento orçamentário é determinante para o futuro das empresas que, com a chegada do fim do ano, utilizam esse período para organizar os próximos passos. [Leia mais]

A importância dos relatórios gerenciais para empresas de capital aberto

05/10/2021

A importância dos relatórios gerenciais para empresas de capital aberto

Todas as empresas de capital aberto devem apresentar relatórios gerenciais em períodos trimestral e anual. Essa exigência torna os resultados mais transparentes e acessíveis, além de prevenir ações fraudulentas na bolsa. [Leia mais]

Sobre a Allstrategy

A AllStrategy possui uma vasta experiência em transformar a gestão orçamentária de diversas empresas. No blog, reunimos o melhor conteúdo, com artigos exclusivos, que farão parte do seu dia a dia.