Blog, Controladoria

CPV e CMV: o que são e como calcular?

CPV e CMV: o que são e como calcular?

Há diversas métricas que, importantes para as atividades financeiras, auxiliam a compreender como está o comportamento e desempenho de um negócio. Entre esses indicadores estão: Custo de Produção Vendida (CPV) e Custo de Mercadoria Vendida (CMV). Ambos são considerados essenciais para acompanhar e avaliar a performance orçamentária de uma empresa.

Além disso, esses números são decisivos, funcionando como dados para orientar escolhas/decisões na venda de produtos, como precificação, mix de produtos, etc. Os resultados obtidos a partir do cálculo de CPC e CMV podem contribuir com maior competitividade da empresa no mercado e, ainda, gerar melhores repercussões financeiras e comerciais.

Contudo, antes de continuar, é preciso distinguir dois conceitos: produto e mercadoria. O primeiro é referente ao que é produzido pela própria empresa, já o segundo refere-se ao que é comercializado pela empresa, ou seja, mercadoria é o que se adquire de um terceiro para revender.

Neste artigo, trazemos como são calculados o CPV e CMV, bem como o que significa cada um deles. Acompanhe a leitura para também compreender a relevância desses indicadores para a gestão orçamentária de uma organização.

Software Alstrategy Fluxo

O que é CPV?

CPV, sigla para Custo de Produção Vendida, é o custo total dos produtos vendidos pela empresa em um determinado período. Esse custo inclui todos os gastos relacionados à produção e venda, e entre eles estão:

  • Insumos (matérias-primas, materiais de embalagem e outros materiais) aplicados nos produtos
  • Mão de obra direta utilizada na produção
  • Gastos gerais de fabricação (aluguéis, energia, depreciações, mão de obra indireta, etc.) aplicada nos produtos vendidos

O CPV é uma métrica de bastante importância para os negócios que comercializam itens de produção própria, pois é a partir deste cálculo que se avalia a margem de lucro com a venda de cada item.

Sua aplicação na gestão empresarial é bastante ampla. Com base neste cálculo, é possível identificar outros pontos da performance orçamentária, como eficiência da produção, possíveis problemas de custo, precificação, etc.

O que é CMV?

Sigla para Custo de Mercadoria Vendida, o CMV é um cálculo menos complexo, que não considera a produção da mercadoria. Nele é basicamente levantado:

  • Custo das Mercadorias Vendidas
  • Compras (aquisição de mercadorias)
  • Estoque final (inventário final)

O CMV é uma métrica utilizada por empresas que vendem produtos a partir da aquisição de terceiros. Ou seja, não se considera o gasto de produção, mas há o gasto de armazenamento e logística — por exemplo. Sua fórmula pode ser adaptada para diversos setores.

Sua utilização na gestão orçamentária é significativa para detectar oportunidades de ações e atuação no mercado. A partir desses dados, gestores podem avaliar o desempenho da operação (aquisição x venda), identificando oportunidades de otimização de custos.

Dessa forma, é possível orientar tomadas de decisões mais estratégicas a partir dos números gerados, e também definir ações mais assertivas para o crescimento da empresa.

Como calcular o CPV e CMV?

Os cálculos dessas métricas são fundamentais para acompanhar a eficiência orçamentária e garantir uma gestão mais eficiente do orçamento empresarial.

Por isso, para calcular o CPV, é necessário somar todos os custos relacionados à produção e venda de produtos – incluindo matéria-prima, mão de obra, custos indiretos de fabricação e outros gastos relacionados. Em seguida, basta dividir esse valor pela quantidade de produtos vendidos no período. Sua fórmula é:

CPV = EI + (In + MO + GGF) – EF

Em que:

CPV = Custo dos Produtos Vendidos

EI = Estoque inicial

In = Insumos (matérias-primas, materiais de embalagem e outros materiais)

MO = mão de obra direta aplicada nos produtos vendidos

GGF = Gastos gerais de fabricação (aluguéis, energia, depreciações, mão de obra indireta etc)

EF = Estoque final (inventário final)

Já para calcular o CMV, leva-se em consideração estoque e valor da compra dos itens/quantidade de mercadoria adquirida. Sua fórmula é:

CMV = EI + C – EF

Em que:

CMV = Custo das Mercadorias Vendidas

EI = Estoque inicial

C = Compras

EF = Estoque final (inventário final)

Qual a importância desses cálculos?

Para uma gestão orçamentária e financeira eficiente, os cálculos de CPV e CMV são elementos importantes para acompanhar o desempenho dos negócios. Portanto, as métricas permitem observar pontos relevantes, como:

  • Eficiência da produção e logística;
  • Possíveis problemas de custos;
  • Precificação;
  • Mix de produtos.

Neste sentido, os resultados gerados pelos cálculos são essenciais para orientar o planejamento orçamentário da organização, assim como as próximas ações estratégicas. Nesse contexto, e a partir dos dados adquiridos, os gestores irão tomar decisões baseadas em números sólidos.

Portanto, saber como extrair dados de maneira segura é parte indispensável do processo, que pode ser realizado de maneira mais assertiva ao utilizar uma ferramenta digital, como um software de planejamento. É o caso do AllStrategy Plano, que conta com recursos para cálculos de maneira rápida e eficiente.

Como otimizar os cálculos de CPV e CMV

Métricas financeiras devem ser utilizadas de maneira a contribuir para a gestão e desenvolvimento de um negócio. São elas que orientarão e darão subsídios para tomadas de decisão, assim como a análise de novas rotas e previsão de cenários — auxiliando ativamente no planejamento estratégico e orçamentário.

Nesse sentido, o CPV e CMV tornam-se indicadores fundamentais para acompanhar a performance orçamentária e garantir que a empresa alcance o futuro que tanto espera. Para tanto, o uso de softwares pode tornar o cálculo mais ágil e proporcionar insights valiosos para a gestão.

Com o AllStrategy Plano, é possível ter uma visão completa do desempenho financeiro e calcular as métricas rapidamente, indo além de como, extrair dados e apoiando no planejamento de vendas e produção do negócio.

Software Alstrategy Plano
GOSTOU? COMPARTILHE ESTE ARTIGO!
Tags: CMV, controladoria, CPV, Orçamento Empresarial, planejamento estratégico, planejamento financeiro

Blog mais lidos