Blog, Controladoria, Planejamento Orçamentário

CAPEX: o que é, como calcular e interpretar os resultados?

O CAPEX é um indicador de grande importância para o setor financeiro das empresas, pois mostra informações sobre o uso do fluxo de caixa em relação aos investimentos feitos.

O(a) gestor(a) financeiro que está preocupado(a) para desempenhar seu melhor dentro de uma companhia deve manter um olhar crítico sobre a entrada e saída de capital, pois assim será possível resguardar a saúde financeira dela.

Portanto, compreender a funcionalidade do CAPEX — e do OPEX — é importante para saber como utilizá-los conforme as necessidades surgem dentro de um negócio.

A seguir, você confere o que é CAPEX e como interpretar seus resultados desse indicador corretamente!

Índice Neste artigo, você encontrará:

  1. O que é CAPEX?
  2. Qual a diferença entre OPEX e CAPEX?
  3. Como calcular e interpretar o resultado?
  4. CAPEX no planejamento orçamentário

O que é CAPEX?

CAPEX (sigla do inglês Capital Expenditure) pode ser traduzido como Despesas de Capital. Esse é o capital que as empresas contam para manter, melhorar ou adquirir seus ativos fixos.

Ou seja, é o dinheiro usado para comprar, aperfeiçoar ou trocar bens como prédios, veículos, equipamentos, por exemplo. Com base nisso, ele apresenta e analisa os investimentos realizados na parte operacional de uma empresa, visando manter a qualidade dos serviços oferecidos e dando conta das demandas.

Portanto, trata-se de um indicador que mede os investimentos que as empresas fazem em seus ativos e como um potencializador para aumentar o fluxo de caixa do seu negócio.

Contudo, vale ressaltar que, ao ser lançado como depreciação, o CAPEX poderá abater valores que a empresa pagará em impostos dentro de um período de tempo.

Qual a diferença entre Opex e Capex?

O OPEX refere-se àquelas despesas que mantêm o funcionamento da empresa diariamente. São os gastos com locação ou manutenção de equipamentos, compra de matéria-prima, salários do quadro de colaboradores, entre outros.

As diferenças entre o OPEX e o CAPEX são notáveis, mas elas não param por aí, porque a tributação do OPEX é diferente do CAPEX. Isso ocorre devido ao fato das despesas do OPEX serem, normalmente, deduzidas nos cálculos dos impostos no ano em que foi utilizado.

Portanto, o OPEX ajuda a manter o foco sobre os valores investidos no setor operacional e como está sendo o retorno desses investimentos.

Leia também: WACC: o que é, para que serve e como calcular?

Como calcular e como interpretar os resultados?

É bastante comum — e importante — que se façam análises sobre os investimentos feitos em um período e quais foram os retornos obtidos. Afinal, para manter a saúde financeira da empresa em dia é preciso ter controle e dados sobre tudo o que envolve a entrada e saída de capital. 

Porém, calcular o CAPEX não é complexo. Na verdade, é algo simples que pode ser acessado diretamente, sem a necessidade de cálculos, por meio da demonstração de fluxo de caixa da empresa. Ele deve constar nas despesas de capital incluídas no fluxo de caixa de investimento.

Lembre-se de que os investimentos em CAPEX estão diretamente ligados ao balanço patrimonial da empresa, pois, como já destacamos acima, referem-se aos ativos fixos do seu negócio.

Veja o cálculo a seguir:

CAPEX = Oscilação do ativo imobilizado (ativos no presente – ativos no passado) + Depreciação dos ativos

Imagine o seguinte cenário: uma empresa apresentou no balanço patrimonial gastos com um novo local para suas atividades. Os dados apresentados foram:

Depreciação = R$ 10.000

Imobilizado passado = R$ 30.000

Imobilizado presente = R$ 45.000

Seguindo a lógica da fórmula, o CAPEX é: R$45.000 – R$30.000 + R$10.000 = R$25.000.

CAPEX no planejamento orçamentário

O planejamento orçamentário é uma etapa de muitas definições e tomadas de decisões. O objetivo, claro, é impulsionar o crescimento de uma empresa. Por isso, escolher quais estratégias serão adotadas é parte essencial desse processo.

Uma vez que o CAPEX reflete diretamente no porte da empresa e em suas ambições futuras, o indicador adquire grande relevância dentro do planejamento orçamentário empresarial.

Suponha que uma empresa esteja com uma de suas unidades necessitando de ampliação, seja do espaço físico ou ao adquirir novos equipamentos. Os valores referentes passam pelo CAPEX e devem ser aprovados dentro do planejamento orçamentário que está sendo realizado.

Tanto o planejamento orçamentário quanto o CAPEX são processos que envolvem o controle da dados e informações, que necessitam de clareza e a maior precisão possível, evitando assim dores de cabeça futuras.

Uma forma de conseguir o que você precisa nessas etapas cruciais para pavimentar o crescimento da sua empresa é utilizar a tecnologia ao seu favor.

Para isso, sua empresa pode ter diversos processos descomplicados por meio do AllStrategy Plano, software desenvolvido para atender as necessidades de controladoria.

Com ele, você garante agilidade e segurança na hora de manusear e acompanhar dados e todas as movimentações do planejamento orçamentário empresarial e do CAPEX de seu negócio!

Para saber como os softwares da AllStrategy podem ajudar a descomplicar e otimizar a tesouraria e controladoria da sua empresa, clique aqui!

GOSTOU? COMPARTILHE ESTE ARTIGO!
Tags: planejamento estratégico, Planejamento Orçamentário, Plano
2023 AllStrategy. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Fresh Lab - Inteligência em Marketing Digital