Projeção de volumes e custos: Controle as finanças da sua instituição

Projeção de volumes e custos: Controle as finanças da sua instituição
Publicado em 07/07/2016 - Atualizado em 29/04/2021 | Planejamento Orçamentário

Você já deve ter ouvido muitas vezes sobre a importância do planejamento orçamentário. E também que é fundamental ter o controle de despesas, volumes e custos. Isso não é novidade. Porém, muitas empresas pecam em detalhes importantes na hora de realizar o planejamento financeiro, deixando-o defasado.

Um recurso muito utilizado por gestores de controladoria é a projeção de custos e volumes, para mensurar com maior exatidão o impacto dos mesmos no fluxo de caixa. O problema, é que, se tal recurso não for bem executado, causará falhas na realização da projeção orçamentária.

Nesse artigo, vamos abordar maneiras de realizar a projeção de custos e volumes de uma forma mais assertiva e, assim, evitar lacunas que podem influenciar no resultado do planejamento estratégico da empresa.

 

A importância de projetar custos e volumes

Imagine uma indústria produtora de soja. Ela produz para o território nacional e também exporta os grãos. Para gerar uma boa receita, ela depende de vários fatores: uma boa safra, maquinário funcionando, armazenamento adequado, logística, colaboradores, entre outras coisas. Tudo isso deve ser previsto no orçamento empresarial, para poder ser devidamente planejado e manter o fluxo de caixa estabilizado.

É possível programar a compra de novas máquinas, definir datas de manutenção de equipamentos, aquisição de insumos e materiais, etc. Porém, essa indústria produtora de soja tem unidades de negócio em vários estados, além de utilizar portos marítimos para realizar a exportação dos grãos.

Com isso, há variações tarifárias que mudam de estado para estado, assim como oscilações de câmbio, mudanças climáticas que podem interferir na produção e uma série de fatores que devem ser levados em consideração no desenvolvimento do planejamento orçamentário para que as finanças sigam o curso que foi determinado a princípio. 

 

Projeção de cenários e forecast podem ajudar

É complicado estimar com exatidão variações que não possuem exatidão alguma. Variações climáticas são previstas por uma série de métodos meteorológicos, mas podem mudar. Oscilações de câmbio são sensíveis a acontecimentos econômicos e políticos, portanto fica difícil prevê-los. Para minimizar o impacto de eventuais mudanças no planejado X realizado, muitos gestores recorrem à projeção de cenários, para visualizar como o fluxo de caixa se comportaria em determinadas situações.

Outro recurso muito utilizado para manter o budget ajustado no decorrer do período é o forecast, que nada mais é do que revisões periódicas no planejamento orçamentário, para avaliar se o mesmo está evoluindo conforme o determinado. Assim, é possível realizar ajustes no orçamento para que ele continue no curso que foi estabelecido para o período.

 

Software de gestão orçamentária otimiza o processo

Realizar a projeção de custos e volumes, de uma maneira minuciosa e completa, pode ser demorado e complexo. As planilhas são muito utilizadas no processo orçamentário, mas estão sujeitas a perdas e falhas que podem comprometer o planejamento estratégico da empresa.

Muitos gestores estão utilizando software de gestão orçamentária para tornar a projeção orçamentária mais segura, rápida e eficiente. Tal ferramenta possibilita, além dos recursos citados nesse artigo, a análise de performance dos indicadores de desempenho, o monitoramento interativo de planos de ação, análise de DRE e projeção de fluxo de caixa.

Além disso, devido à transparência e confiabilidade que o aplicativo de gestão financeira proporciona, é possível realizar a prática de governança corporativa por meio de um orçamento colaborativo, fazendo com que a equipe fique mais engajada em manter o budget ajustado a cada centro de custo, unidade e projeto.

A fim de proporcionar mais mobilidade e segurança aos usuários, há modelos com armazenamento na nuvem, backup com alta disponibilidade e acesso restrito a módulos, horários e dispositivos, liberados apenas pelo administrador. O software ainda gera relatórios diversos de fácil visualização e dashboard interativo com vários modelos de gráficos com atualizações em tempo real.

Ficou interessado? Pesquise mais sobre o assunto aqui mesmo no blog e escolha a ferramenta que mais se adeque às necessidades da sua empresa.

Leia Também

Planejamento orçamentário: 4 metodologias para aplicar em 2022

26/10/2021

Planejamento orçamentário: 4 metodologias para aplicar em 2022

O planejamento orçamentário é determinante para o futuro das empresas que, com a chegada do fim do ano, utilizam esse período para organizar os próximos passos. [Leia mais]

A importância dos relatórios gerenciais para empresas de capital aberto

05/10/2021

A importância dos relatórios gerenciais para empresas de capital aberto

Todas as empresas de capital aberto devem apresentar relatórios gerenciais em períodos trimestral e anual. Essa exigência torna os resultados mais transparentes e acessíveis, além de prevenir ações fraudulentas na bolsa. [Leia mais]

Gestão empresarial e impostos: como reduzir a burocracia com a automação

10/09/2021

Gestão empresarial e impostos: como reduzir a burocracia com a automação

O Brasil é o país que mais gasta tempo com atividades relacionadas a impostos. Um bom planejamento nesta área deve considerar tributos federais, estaduais e municipais, impostos e taxas, entre outros valores que os gestores têm que estar atentos e que compõem uma gestão orçamentária eficiente. [Leia mais]

Sobre a Allstrategy

A AllStrategy possui uma vasta experiência em transformar a gestão orçamentária de diversas empresas. No blog, reunimos o melhor conteúdo, com artigos exclusivos, que farão parte do seu dia a dia.