Mudança nas taxas de juros e seu impacto para as empresas

Mudança nas taxas de juros e seu impacto para as empresas
Publicado em 23/02/2022 - Atualizado em 23/02/2022 | Cenários e Revisões

Oscilações econômicas acontecem com mais frequência do que as empresas e gestores gostariam. Da alta do dólar até alterações nas taxas de juros, é preciso acompanhar diariamente o que acontece no mercado financeiro para se adequar às mudanças. Caso contrário, as consequências para as organizações podem ser significativas.

Para minimizar os impactos negativos e aproveitar oportunidades, quando possível, é importante compreender que as variações na economia podem se refletir - por exemplo - no aumento do custo operacional e na diminuição nas vendas. Será que é possível prever essas oscilações/mudanças e, assim, evitar desvios na gestão orçamentária

Neste artigo, abordamos como a projeção de cenários econômicos pode ser uma aliada para enfrentar os efeitos da oscilação nas taxas de juros, um fato comum na economia atual e que afeta diretamente o seu orçamento.

 

Como a taxa de juros afeta o seu negócio

O planejamento orçamentário é o norteador das ações que serão desempenhadas pela organização. É preciso levar em conta diversos aspectos da empresa, como expectativa de receita, custo de produção, folha de pagamento etc.

Em muitos momentos, a empresa buscará crédito no mercado e se houver mudança nas taxas de juros, é preciso levar em consideração para que não impacte na gestão orçamentária, pois com maiores taxas de juros, os bancos e cedentes tendem a exigir mais condições para conceder empréstimos. Se a empresa já possui contratos de médio a longo prazo, corre ainda o risco de ver este valor ser reajustado.

 

Preparando sua empresa com projeção de cenários econômicos

Nem mesmo o economista mais experiente pode prever quando as taxas de juros aumentarão ou diminuirão. Com isso, o que está ao alcance das empresas para evitar que a gestão orçamentária seja pega de surpresa é projetar cenários em diferentes contextos - uma forma de amenizar possíveis impactos.

Em situações que vão além do controle interno da empresa - a pandemia, é um ótima exemplo disso -, o que diferencia as organizações em uma crise financeira é a sua capacidade de imaginar situações e se preparar para elas; levando em conta toda informação à sua disposição.

Em outras circunstâncias, as mudanças nas taxas de juros podem ser acompanhadas a partir de indicadores econômicos; estando atento às operações do Banco Central e, assim, desenha-se cenários considerando:

 

Volume de negócios

Se as taxas de juros afetam as empresas, a sociedade também sente seus efeitos na pele. Isso significa que, com a diminuição na capacidade de consumo, as vendas tendem a diminuir também. Assim, é preciso considerar um cenário com receitas menores e o quanto isso impacta na gestão orçamentária. Já ter essa projeção realizada facilita muito a tomada de decisão dos gestores e traz mais agilidade para reação da empresa.

 

Oportunidades de investimento

Se o consumo cai, as possibilidades de investimento também. Um cenário projetado para considerar as oscilações do mercado, diminui os riscos da organização fazer um movimento “errado”, o que poderia prejudicar suas finanças. Dessa forma, contribui com a saúde financeira do negócio como um todo ao evitar surpresas desagradáveis no final do mês.

 

Quedas nas ações

Criar possíveis cenários é uma forma de se preparar não só para aumentos de custos operacionais e diminuições nas vendas, mas também para alteração nos valores das ações. Ter isso em mente, auxilia o gestor a avaliar o impacto na gestão e torna mais clara as decisões necessárias para ajustar as estratégias.

Com diferentes repercussões na organização, a projeção de cenários torna-se o diferencial para que uma gestão orçamentária seja eficiente em meio aos contextos negativos do mercado.

 

Outro ponto a se considerar é que ter a tecnologia como aliada torna todo o processo mais ágil e confiável, pois permite alterações rápidas em taxas e indicadores, que logo são projetados para todo o orçamento. Além disso, a projeção de cenários pode rapidamente se tornar o orçamento principal, caso venha a se concretizar.

 

Leia Também

Prepare o futuro da sua gestão com a projeção de cenários

14/12/2021

Prepare o futuro da sua gestão com a projeção de cenários

Embora o mercado esteja aquecido com a retomada econômica, o período de instabilidade ainda assombra a gestão orçamentária das empresas. Após vivenciar um contexto de rápidas mudanças e incertezas, as organizações começam a entender de que forma se preparar para o “novo normal”. Com isso em mente, a projeção de cenários pode ser o diferencial entre o impacto positivo ou negativo do seu negócio. [Leia mais]

Rolling Forecast: acompanhe o orçamento mais de perto

16/11/2021

Rolling Forecast: acompanhe o orçamento mais de perto

Apesar de não ser uma novidade, o rolling forecast (ou orçamento contínuo) vem como escolha de metodologia a ser aplicada no planejamento orçamentário de muitas companhias neste cenário pós-pandemia. [Leia mais]

Revisões orçamentárias: ajustando a rota do seu planejamento

16/03/2021

Revisões orçamentárias: ajustando a rota do seu planejamento

Com o fim do trimestre, muitas empresas fazem as revisões orçamentárias para avaliar os resultados até o momento. Normalmente, essas análises acontecem a cada trimestre, mas nada impede que isso seja feito em outras ocasiões, especialmente com a interferência de fatores externos que transformam o cenário econômico. [Leia mais]

Sobre a Allstrategy

A AllStrategy possui uma vasta experiência em transformar a gestão orçamentária de diversas empresas. No blog, reunimos o melhor conteúdo, com artigos exclusivos, que farão parte do seu dia a dia.