Planejamento de vendas: Por que é tão importante?

Planejamento de vendas: Por que é tão importante?
Publicado em 09/06/2017 - Atualizado em 10/12/2021 | Varejo

Uma empresa só sobrevive se tiver receitas, caso contrário as despesas consumirão rapidamente o caixa da instituição, levando ao seu fechamento. Por isso, planejar as vendas é de extrema importância, pois permite que os negócios continuem em atividade com capital próprio.

Esse planejamento não envolve apenas a determinação de metas de vendas, mas também demanda atenção a vários detalhes e fatores que podem interferir nos objetivos traçados ao setor.

Isso inclui o planejamento para produtos, ou seja, se alguma linha será lançada ou retirada de mercado; para regiões e unidades, de forma que cada uma saiba quanto é esperado que venda; para representantes, determinando as metas individuais dos vendedores etc.

Embora pareça ser um processo complexo, não deve ser ignorado pelos gestores, podendo ser realizado de maneira automatizada, o que facilita o planejamento.  

 

A importância de planejar as vendas

Por mais que os custos e despesas da empresa possam ser otimizados e reduzidos, eles ainda existirão e precisam das receitas para que sejam cobertos, sem prejudicar o caixa da instituição.

Além disso, se a companhia espera crescer e ter mais lucro, precisará investir em aumentar as vendas.

Assim, o planejamento de vendas orienta os gestores e colaboradores nas estratégias a serem adotadas, pois com as metas determinadas, todos sabem como proceder e o que é esperado no final do período.

Esse processo deve ser feito de forma consciente e envolve tanto a expectativa financeira de venda para os produtos e regiões quanto a avaliação se o time está preparado ou se precisa de reforços e treinamento.

Afinal, não adianta esperar que grandes vendas sejam feitas, se a equipe não tiver a estrutura necessária, por isso o planejamento de RH e de investimentos também devem ser observados.

Outro ponto a se considerar é que as vendas influenciam no planejamento da produção, pois se a expectativa de venda aumenta, a gestão precisa se organizar para que não falte matéria-prima para os produtos, mantendo sua qualidade.

 

Onde o planejamento orçamentário entra?

Em tudo. O planejamento de vendas é um recorte do planejamento orçamentário, mas está diretamente ligado, como já falamos com outros pontos. 

Isso porque tudo deve estar ligado às metas da empresa, por isso é importante considerar cenários, investimentos, estratégias e indicadores. Além disso, o planejamento orçamentário possibilita a criação de modelos de despesas e receitas para auxiliar em um controle financeiro mais eficiente. 

E após a realização do planejamento, é necessário acompanhar a performance dos resultados, para monitorar se tudo está caminhando conforme o desejado. Caso aconteça desvios no orçamento empresarial, é possível realizar forecast e ajustar os valores para o que foi decidido inicialmente através de planos de ação.

 

Otimize o processo orçamentário

Para agilizar a gestão orçamentária da empresa e proporcionar mais eficiência, segurança e transparência ao gerenciamento financeiro, é importante considerar os recursos tecnológicos.

É possível elaborar não só o planejamento orçamentário como o de vendas em planilhas, mas a segurança das informações fica prejudicada, além de estar vulnerável a erros de digitação ou em fórmulas. Esses erros podem ser difíceis de serem identificados e causar transtorno e lentidão na gestão.

Uma alternativa, utilizada pelas maiores empresas do mercado, é contar com um software de planejamento orçamentário, que automatiza todo esse processo e centraliza todas as informações.

Isso reduz a chance de dados desencontrados, garante a confiabilidade e segurança das informações e traz mais agilidade para o processo, permitindo que os gestores tenham mais tempo para pensar em novas estratégias e tomar melhores decisões. 

Outros recursos que favorecem seu uso são a rápida consolidação de resultados, a fácil visualização de dados em relatórios e gráficos amigáveis, além da facilidade em apresentar os resultados. Vale a pena pesquisar e escolher o modelo que mais se adequa às necessidades da sua empresa.

Leia Também

Como conciliar o orçamento com a sazonalidade do varejo?

02/02/2021

Como conciliar o orçamento com a sazonalidade do varejo?

É fundamental analisar os ciclos e o histórico de vendas da empresa, além do comportamento de seus consumidores. Então, ao compreender esta dinâmica, tanto o planejamento estratégico quanto o orçamentário estarão mais alinhados. [Leia mais]

Lições da pandemia: empresas do varejo que transformaram a crise em oportunidade

19/01/2021

Lições da pandemia: empresas do varejo que transformaram a crise em oportunidade

É importante que as empresas tenham uma visão clara de sua situação, entendam os possíveis cenários e estejam preparadas para tomadas de decisão rápidas. Um bom planejamento orçamentário e uma preparação para diferentes cenários críticos são essenciais para controlar os possíveis prejuízos. [Leia mais]

Varejo: Quais são os indicadores de desempenho mais importantes para o segmento?

12/01/2021

Varejo: Quais são os indicadores de desempenho mais importantes para o segmento?

No varejo existe uma necessidade do aumento constante de vendas, sendo os indicadores de desempenho ainda mais cruciais. Em especial depois de um ano conturbado como 2020, em que traçar objetivos e estratégias se mostrou extremamente necessário para o novo ano. [Leia mais]

Sobre a Allstrategy

A AllStrategy possui uma vasta experiência em transformar a gestão orçamentária de diversas empresas. No blog, reunimos o melhor conteúdo, com artigos exclusivos, que farão parte do seu dia a dia.