Análise de DRE: Saiba como otimizar sua gestão empresarial

Análise de DRE: Saiba como otimizar sua gestão empresarial
01/09/2016 | Planejamento Orçamentário

Imaginem uma empresa que fatura bilhões. É natural pensar que tal instituição é bem sucedida e seus resultados são excelentes, não é mesmo? Na realidade, não. Nem sempre a empresa que tem uma grande receita, apresenta uma grande lucratividade.

Por meio da análise de DRE, é possível identificar o resultado do exercício durante um determinado período e assim, identificar da onde vem as maiores despesas e as maiores receitas. A demonstração do resultado do exercício, a DRE, também serve como comparativo do Planejado X Realizado da empresa.

É comum que os profissionais de controladoria e gestão façam uma análise vertical da DRE, que consiste em avaliar percentualmente o quanto cada custo ou despesa impactam na receita, ou então realizem uma análise horizontal que identifica proporcionalmente o aumento ou diminuição da receita em relação aos custos e despesas.

No entanto, não adianta realizar tais análises se os gestores não desenvolverem o planejamento orçamentário de forma assertiva, fazendo a projeção do fluxo de caixa para então, ter uma DRE mais consistente. 

Projeção de volumes e custos

Por meio da DRE, é possível verificar a saúde financeira da empresa e se ela terá lucro ou prejuízo, realizando o que foi planejado. Portanto, é importante realizar a projeção orçamentária de maneira detalhada para que o planejamento financeiro da instituição não fique defasado.

Se a produção da companhia depende de condições climáticas, o gestor pode realizar projeção de cenários para preparar a empresa, caso ocorra alguma variação no planejamento econômico por conta de mudanças no clima. Além disso, é preciso realizar um levantamento de todos os custos e despesas, para então realizar o planejamento de investimento adequado.

Se a empresa tem unidades em outros estados ou até mesmos países, as variações de câmbio, impostos, deslocamentos com viagens, entre outros devem ser projetados durante o processo orçamentário. Para não deixar escapar nada, é necessário ser minucioso na projeção de volumes e custos, levando em consideração todos os fatores que possam impactar no fluxo de caixa da instituição. 

Planejamento de RH

A folha de pagamento costuma ser a maior fonte de despesas de uma empresa e, portanto, muitas instituições realizam o planejamento de RH afim de controlar as finanças de forma eficaz. Por meio da DRE, é possível analisar todas as despesas e realizar então, a projeção da folha de pagamento, avaliando qual será o impacto de tais gastos no fluxo de caixa.

No entanto, para que tal projeção seja assertiva, é preciso lançar todas as despejas e encargos comuns ao setor como dissídio coletivo, horas extras, férias, 13º salário, bonificações, adicionais noturnos, entre outros. Desta forma, o gestor pode planejar cada ação de maneira que elas não coincidam e sobrecarreguem o caixa da empresa. 

Software de gestão orçamentária

Não adianta só realizar a análise de DRE, sem um planejamento orçamentário adequado. Para otimizar a gestão empresarial de forma completa e eficiente, muitos gestores estão utilizando softwares de gestão orçamentária, para desenvolver o planejamento estratégico e ainda realizar a análise de performance dos indicadores de desempenho, planos de ação, planejamento de vendas e diversas outras ações indispensáveis à gestão orçamentária.

Há aplicativos de gestão orçamentária que realizam projeção por histórico ou orçamento base zero, com funcionalidades como forecast, consolidações das demonstrações contábeis, além de acompanhar o Planejado X Realizado por meio de relatórios de fácil visualização e dashboards com gráficos atualizados em tempo real.

Pensando uma melhor gestão do tempo, há modelos com armazenamento na nuvem, possibilitando uma mobilidade muito maior aos usuários. O Plano, por exemplo, possui mais de 1.000 funcionalidades desenvolvidas especialmente para a gestão financeira de empresas dos mais diversos segmentos, atendendo mais de 3.000 usuários espalhados pelo Brasil e ainda funciona como SAAS, o que garante um custo benefício surpreendente aos clientes.   

Leia Também

Orçamento Colaborativo: as vantagens em tempos de trabalho remoto

21/07/2020

Orçamento Colaborativo: as vantagens em tempos de trabalho remoto

A participação colaborativa das equipes em diferentes processos nas empresas vem se tornando mais comum e contribuindo para uma gestão mais eficiente. No planejamento orçamentário não seria diferente. Entenda. [Leia mais]

Tipos de orçamento: como escolher o ideal em meio a um ano atípico?

14/07/2020

Tipos de orçamento: como escolher o ideal em meio a um ano atípico?

Existem várias maneiras de fazer um planejamento orçamentário, cada uma com seus pontos fracos e fortes. Nós ajudamos você a entender qual é o melhor para seu negócio. [Leia mais]

Quando uma empresa de tecnologia oferece muito mais que um software

15/06/2020

Quando uma empresa de tecnologia oferece muito mais que um software

Nesse ano, a preocupação com a qualidade do planejamento financeiro e orçamentário está ainda maior. Muitas empresas entrarão em 2021 com estruturas otimizadas ou alteradas em virtude das grandes mudanças do mercado que vieram com a pandemia do COVID- 19, visando estarem mais preparadas para grandes oscilações de cenários do mercado. [Leia mais]

Sobre a Allstrategy

A AllStrategy possui uma vasta experiência em transformar a gestão orçamentária de diversas empresas. No blog, reunimos o melhor conteúdo, com artigos exclusivos, que farão parte do seu dia a dia.