5 dicas para sua empresa lidar com as mudanças rápidas do mercado

5 dicas para sua empresa lidar com as mudanças rápidas do mercado
Publicado em 14/04/2020 - Atualizado em 02/06/2020 | Planejamento Orçamentário

A cada dia fica mais nítido o quanto o mundo está interligado. A globalização e a tecnologia uniram todo o mundo em uma Aldeia Global, termo cunhado pelo filósofo Marshall McLuhan, permitindo que grandes distâncias fossem vencidas com transmissões de televisão ou poucos cliques na internet.

Isso tudo facilitou a expansão de empresas, que agora conseguem se comunicar mais rapidamente com suas filiais ao redor do mundo, por exemplo. Também permitiu o contato e o comércio de negócios que, em outros tempos, não tomariam conhecimento uns dos outros.

Porém, junto com os benefícios da globalização e da expansão de mercados, veio um ônus que afeta a toda a sociedade: com as economias cada vez mais interligadas, se em algum local do mundo houver um problema, rapidamente será sentido por mais lugares no planeta.

Algumas pessoas chamam isso de Efeito Borboleta e foi vivenciado por todo o mundo agora em 2020 com a pandemia do Covid-19, que, em menos de três meses, se espalhou rapidamente da China para praticamente todos os países e afetou a saúde e a economia mundial.

Todos os setores da sociedade foram impactados com a pandemia, alguns mais e outros menos, mas é inegável a necessidade de adaptação por parte das empresas e mercados para conseguirem sobreviver em um ambiente novo que se formou rapidamente. 

Como prever mudanças – e se precaver à elas.

O exemplo acima é o mais atual, mas diferentes situações podem mudar o mercado de forma muito rápida. Para que as empresas possam se preparar melhor para as mudanças, grandes ou pequenas, vale a pena levar em consideração estas 5 dicas:

Elabore um planejamento orçamentário
Esta prática consiste em projetar as despesas da empresa, geralmente para um ano, juntamente com as metas de produção e venda, além da programação de investimentos, expansão de mercado, planejamento de RH etc. Com o planejamento feito, é mais fácil fazer os ajustes e entender qual o impacto das mudanças externas no orçamento da empresa.

Projete cenários econômicos
A criação de cenários auxilia a direção da empresa a tomar decisões, pois simula resultados e situações de mercado, feitas a partir do orçamento oficial da instituição. Caso haja alguma mudança no ambiente da empresa, é possível rapidamente fazer do cenário o planejamento oficial, pautando as decisões a partir dele.

Classifique ou elimine despesas supérfluas
Saber ao certo quais despesas são essenciais ou supérfluas orienta a gestão para cortes, caso seja necessário, visto que os negócios continuarão fluindo sem estes gastos, mesmo com limitações. Isto é importante em momentos que a empresa precisa equilibrar ao máximo as receitas com as despesas, para manter a saúde financeira.

Acompanhe os resultados
Estar atento aos resultados que sua empresa oferece pode trazer insights sobre a situação em que ela se encontra. É claro que existem variações que acontecem naturalmente no mercado, mas grandes discrepâncias precisam ser analisadas cuidadosamente, pois podem exigir alguma mudança nos planos da instituição.

Monitore os indicadores de desempenho
Os indicadores de desempenho (também chamados de KPIs) são importantes, pois são eles que dão parâmetros às análises de desempenho dos negócios. Os indicadores variam conforme o ramo de atuação e devem ser revistos sempre que necessário.

Por fim, quanto mais estruturado estiver o planejamento orçamentário e estratégico da empresa, mais facilmente ela poderá reconhecer ameaças e oportunidades para seus negócios.

Leia Também

Como o planejamento estratégico ajudou o Olist a expandir seus negócios em 2020

27/10/2020

Como o planejamento estratégico ajudou o Olist a expandir seus negócios em 2020

Crises, incertezas, flutuações na economia e até mudanças repentinas. Os altos e baixos fazem parte do ciclo de vida na gestão de empresas duradouras. E, se por um lado vemos algumas sucumbirem à pressão e às situações adversas, de outro vemos empresas que não apenas resistem às crises, mas se reestruturam e crescem diante delas. [Leia mais]

Ensino Superior: Como evitar erros ao planejar o orçamento de 2021?

20/10/2020

Ensino Superior: Como evitar erros ao planejar o orçamento de 2021?

Não há dúvidas que o setor educacional foi um dos mais afetados pela quarentena e o isolamento social, e o que teve que mais rapidamente se adaptar e buscar soluções. Os desafios foram muitos e os mais resilientes foram os que avançaram na transformação digital de suas instituições. [Leia mais]

Fluxo de caixa: direto versus indireto. Qual é a melhor escolha para o seu negócio?

28/09/2020

Fluxo de caixa: direto versus indireto. Qual é a melhor escolha para o seu negócio?

a Demonstração de Fluxo de Caixa (DFC) é um dos mais importantes instrumentos de análise financeira de uma empresa moderna. Nela, ficam evidentes as principais alterações ocorridas ao longo de determinado período no caixa e no equivalente de caixa. Esses dados permitem que gestores e decisores identifiquem tendências precocemente e ajam com rapidez quando necessário. [Leia mais]

Sobre a Allstrategy

A AllStrategy possui uma vasta experiência em transformar a gestão orçamentária de diversas empresas. No blog, reunimos o melhor conteúdo, com artigos exclusivos, que farão parte do seu dia a dia.