Planejamento estratégico: 4 recursos que sua empresa pode utilizar

Planejamento estratégico: 4 recursos que sua empresa pode utilizar
Publicado em 09/04/2019 - Atualizado em 19/03/2021 | Estratégia

O planejamento estratégico é um processo de tomada de decisão que mostra com clareza os objetivos a serem alcançados por uma empresa em determinado período, bem como os caminhos a serem percorridos para atingi-los. Com o passar do tempo, mais instituições têm utilizado o plano estratégico, pois entendem sua importância no alcance das metas. Porém muitas corporações ainda enfrentam dificuldades na hora de colocar o planejamento em prática.

Isso ocorre porque, na maioria das vezes, mesmo com propósitos e escopos definidos, falta a utilização de ferramentas e metodologias que possibilitem o acompanhamento e a mensuração dos resultados obtidos durante a execução tática. Apenas determinar as metas não é suficiente para que estas sejam alcançadas, é preciso atrelar as estratégias aos resultados, para entender se a empresa está dentro do que foi planejado ou corrigir alguma rota.

Nesse artigo, vamos abordar as vantagens em trabalhar este planejamento e 4 recursos que podem ser utilizados pelas empresas.

 

Por que utilizar o planejamento estratégico

Já comentamos que o plano estratégico é uma maneira dos gestores trabalharem as metas da instituição. Afinal, não é possível alcançar algum objetivo sem saber qual este é. Assim, o planejamento estratégico traz maior clareza nas ações a serem tomadas, pois todos os esforços estarão dedicados em alcançar o que foi determinado.

Além disso, permite maior envolvimento dos colaboradores, que sabem quais são os objetivos e entendem que seu trabalho contribuirá para o resultado final.

 

  • Indicadores de desempenho

Os indicadores de desempenho (também chamados de KPI – Key Performance Indicator) são ferramentas da gestão empresarial que auxiliam na análise de resultados. Ou seja, para determinar a evolução dos negócios, algumas métricas são elencadas e acompanhadas, assim é possível tomar decisões caso algum indicador esteja fora do esperado, a fim de não comprometer o resultado.

Os indicadores de desempenho podem ser quantitativos ou qualitativos, a depender do segmento de atuação e da estratégia determinada. Não existe um consenso sobre o que deve ou não ser acompanhado, mas, normalmente, estão ligados à produtividade, lucratividade, qualidade, processos internos ou fins estratégicos.

É importante ressaltar que os indicadores devem ser específicos, pontuais e fáceis de medir. Se for estabelecido uma grande quantidade deles, ou se for difícil mensurá-los, a análise da evolução do planejamento ficará mascarada.

 

  • Planos de ação

Já os planos de ação são muito utilizados para planejar efetivamente o que será feito e acompanhar os resultados. Isso porque este recurso atua na definição das atividades necessárias para atingir um objetivo maior, quebrando uma grande meta, em ações menores, o que facilita a visualização do que precisa ser realizado.

Um ponto importante destes planos é estabelecer prazos e responsáveis para cada ação, para que a atividade não se perca ou deixe de ser feita. Assim fica mais fácil direcionar e acompanhar se o alvo foi atingido, pois se sabe quando e quem o fez. Outra utilização dos planos de ação é para correção de algo fora do esperado. O método apoia a resolução de problemas, diminuindo as chances que a situação se alongue e aumente, trazendo mais prejuízos (financeiros ou não) para a instituição.

 

  • Mapa estratégico

Mapas estratégicos são desenvolvidos para obter uma visualização mais clara das estratégias e fazem parte da metodologia BSC – Balanced Scorecard. Para explicar rapidamente, o mapa estratégico coloca os objetivos gerais da empresa em 4 perspectivas: financeira, clientes, processos internos e organização.

Desta forma, as estratégias ficam ligadas aos processos organizacionais e podem auxiliar a solucionar problemas no ambiente externo e interno da corporação. O mapa estratégico traz mais clareza e foco à equipe em direção aos objetivos propostos a longo prazo, visto que pode ser considerado a representação visual da estratégia, ilustrando de maneira mais simples e funcional, o caminho que deverá ser seguido.

Também é possível ligar o mapa estratégico a um plano de ação, a fim de corrigir algum ponto necessário.

 

  • PDCA

PDCA é uma sigla em inglês para Plan, Do, Check, Act (planejar, fazer, checar e agir) e é considerada uma das melhores metodologias para auxiliar na execução do planejamento estratégico e na solução de problemas. 

O método PDCA é um ciclo que possibilita a identificação da raiz do problema por meio de sua estratificação, com o levantamento das hipóteses pela equipe envolvida, a fim de determinar a causa-raiz e as ações que serão tomadas para a solução da mesma. É possível trabalhar na análise das hipóteses e causas pelo método 5W2H e, a partir disso tudo, planos de ação também podem ser elaborados para resolver o problema.

 

Mais assertividade

O planejamento estratégico possui outras ferramentas que auxiliam a empresa a ser mais eficiente na busca por seus objetivos, porém estes recursos abordados no artigo já farão uma grande diferença, se aplicados pelos gestores. 

Eles podem ser utilizados juntos ou separadamente, dependendo da necessidade da corporação. Estar com os objetivos claros, com a equipe engajada em cumpri-los e ter um monitoramento preciso na execução das estratégias traçadas, faz com que o planejamento tenha mais chances de ser realizado com sucesso.

É possível trabalhar estes recursos em planilhas, porém nem sempre os resultados são os esperados. Isso porque o meio não é o mais recomendado, devido a erros de fórmulas e digitação que podem ocorrer, prejudicando a análise e aplicação das estratégias.

Para que o planejamento estratégico seja aproveitado ao máximo, o recomendado é utilizar um software próprio para isso. Ainda melhor se houver conexão com o planejamento orçamentário, de modo a acompanhar rapidamente os resultados obtidos e traçar as ações necessárias para manter tudo dentro do previsto.

 

Leia Também

4 dicas para CFOs apoiarem a retomada do crescimento da empresa

03/08/2021

4 dicas para CFOs apoiarem a retomada do crescimento da empresa

O momento pós-pandêmico exige muito dos profissionais da área financeira, principalmente dos CFOs, que tiveram suas habilidades exigidas ao máximo durante este período de incertezas. Em contrapartida, sua atuação foi e continua sendo muito importante para a retomada do crescimento das organizações. [Leia mais]

Como o ciclo PDCA pode potencializar o seu planejamento estratégico

27/07/2021

Como o ciclo PDCA pode potencializar o seu planejamento estratégico

A metodologia PDCA atua no controle de qualidade e tem como objetivo melhorar continuamente os processos e produtos, seja qual for a área de aplicação. [Leia mais]

Transforme sua gestão com mapas estratégicos

08/06/2021

Transforme sua gestão com mapas estratégicos

As corporações buscam mapas estratégicos como uma ferramenta de gestão visual para estruturar essas informações e mensurar seus resultados de forma assertiva. [Leia mais]

Sobre a Allstrategy

A AllStrategy possui uma vasta experiência em transformar a gestão orçamentária de diversas empresas. No blog, reunimos o melhor conteúdo, com artigos exclusivos, que farão parte do seu dia a dia.