Revisões orçamentárias: ajustando a rota do seu planejamento

Revisões orçamentárias: ajustando a rota do seu planejamento
Publicado em 16/03/2021 - Atualizado em 25/05/2021 | Cenários e Revisões

Com a proximidade do fim do mês de março, muitas empresas fazem suas revisões orçamentárias para avaliar os resultados até o momento. Normalmente, essas análises acontecem a cada trimestre, mas nada impede que isso seja feito em outras ocasiões, especialmente com a interferência de fatores externos que transformam o cenário econômico.

Independentemente de quando for feita, essa revisão deve comparar o que foi orçado com o que foi realizado e, com base nisso, prever como o ano deverá acabar se tudo correr como o planejado anteriormente. Caso mudanças impactantes para mais ou para menos tenham acontecido, são feitos os devidos ajustes no planejamento dos meses subsequentes

Assim, com as metas revisadas e ajustadas, esse cálculo atualizado passa a ser o oficial a ser seguido. Ou seja, pode-se dizer que a revisão orçamentária é um grande diferencial para qualquer empresa que deseja alcançar metas e objetivos ao final de um determinado período. 

Abaixo, entenda mais sobre esses fatores que influenciam na revisão orçamentária, bem como a importância de se antecipar esses cálculos para reverter possíveis desvios na rota do planejamento.

 

Reformulando as estratégias

Após fazer sua primeira revisão orçamentária do ano, você notou que os planos iniciais já não fazem mais sentido para a organização? Então chegou a hora de promover a reformulação das estratégias. 

Sem dúvidas esta é maneira mais efetiva para lidar com as transformações internas e externas, independente do cenário: positivo ou negativo. Para ser mais claro, confira alguns exemplos em que os gestores devem ajustar a rota do planejamento:

 

Mudanças na economia

Seja ela positiva ou negativa, é preciso estar sempre atento às mudanças econômicas. No caso de crescimento ou desenvolvimento econômico, uma revisão orçamentária é recomendada para que as oportunidades sejam aproveitadas da melhor maneira possível. Já no caso de uma crise, algumas alterações na estratégia podem minimizar ou até evitar riscos e perdas significativas para o seu negócio.

 

Mudanças no cenário econômico nacional e mundial

Altas ou quedas na bolsa, aumento do dólar e alterações nos acordos de importações e exportações são fatores que impactam diretamente no fluxo de caixa da empresa. Portanto, reajustes precisam estar previstos no planejamento financeiro.

 

Calamidade pública 

Quando uma cidade, estado ou país é afetado por algum desastre, algumas medidas drásticas são necessárias para solucionar o problema – independentemente se as causas são naturais ou provocadas. No caso da pandemia da Covid-19, por exemplo, o fechamento ou a abertura de serviços não-essenciais tem grande influência em diversos setores econômicos. Portanto, é necessário que haja revisões mais frequentes, conforme o cenário é alterado.

 

Novos concorrentes no mercado

Normalmente, eles surgem com alguma novidade que pode apresentar uma ameaça para a empresa. Isto pode implicar em mudanças nas ações das áreas de marketing e vendas do seu negócio, por exemplo. Logo, é mais um caso em que é necessário rever o planejamento inicial.

 

A tecnologia a favor da sua revisão orçamentária

Após conhecer os principais fatores que podem influenciar uma revisão orçamentária na sua empresa, é preciso acompanhar o progresso das novas metas estabelecidas. Isso engloba, por exemplo, simulações com consequências de possíveis situações de risco que possam atingir a empresa. 

Para tornar este e os demais processos menos dificultosos, realizar tudo de forma automatizada em um software de planejamento orçamentário pode ser uma ótima saída. Afinal, quanto mais automatizado for o processo, mais rápida será a tomada de decisão. E isso pode fazer toda a diferença para o seu negócio. 

A dica aqui é: escolha recursos que possibilitem uma ampla visualização das informações, facilidade de manutenção dos dados e segurança para executar as ações necessárias. Além disso, uma ferramenta que se adapte à estrutura orçamentária de cada empresa também é interessante. Desta forma, o controle das metas orçamentárias fica mais eficiente e exige menos esforço da equipe – que pode ser direcionada a outras atividades.

Mas sabemos que escolher a melhor ferramenta para seu negócio pode ser um desafio diante de tantas opções disponíveis no mercado. Por isso, leia o artigo O que avaliar na busca por um software de Gestão Orçamentária? e veja algumas informações que devem ser levadas em consideração neste processo de escolha.

 

Leia Também

O papel dos CFOs na gestão de crise e os desafios para 2021

22/12/2020

O papel dos CFOs na gestão de crise e os desafios para 2021

Diante da inconstância do mercado e da economia, os CFOs, diretores financeiros e pessoas de outros cargos superiores da área de finanças tomaram frente e garantiram posições de destaque. [Leia mais]

Forecast: Como e por que usar no processo decisório

03/11/2020

Forecast: Como e por que usar no processo decisório

Podemos ver aplicação de forecast em quase todas as áreas, como: financeiro, RH, vendas e gerenciamento da produção. Certamente, quanto mais certeiras as previsões, mais eficaz será o planejamento. Como consequência, melhor será o aproveitamento dos recursos da empresa e retorno financeiro. [Leia mais]

Um cenário pessimista na prática: COVID-19

25/03/2020

Um cenário pessimista na prática: COVID-19

Gestores de milhões de empresas em todo o mundo foram pegos de surpresa por uma situação que com certeza não passou pela cabeça de ninguém em meados de outubro de 2019, quando elaboraram o planejamento estratégico e orçamentário do ano seguinte: uma pandemia. [Leia mais]

Sobre a Allstrategy

A AllStrategy possui uma vasta experiência em transformar a gestão orçamentária de diversas empresas. No blog, reunimos o melhor conteúdo, com artigos exclusivos, que farão parte do seu dia a dia.