Gestão empresarial e impostos: como reduzir a burocracia com a automação

Gestão empresarial e impostos: como reduzir a burocracia com a automação
Publicado em 10/09/2021 - Atualizado em 10/09/2021 | Planejamento Orçamentário

O Brasil é o país que mais gasta tempo com atividades relacionadas a impostos. Uma pesquisa realizada pelo Doing Business Subnacional Brasil 2021 revelou que as empresas dispendem mais de 1000 horas com tributos fiscais por ano. Esse intervalo envolve desde o preparo até a declaração e pagamento de impostos diretos e indiretos. Sendo assim, essa é uma realidade com a qual as empresas precisam conviver, e da melhor forma possível. 

Outra pesquisa que reforça a importância de uma boa organização na questão dos tributos é da Thomson Reuters com 39 líderes da área de impostos de grandes companhias, que aponta que 25,6% desses profissionais dedicam entre 40% a 60% do seu tempo para atualizações de políticas fiscais. Ou seja, deve-se pensar em como este tempo poderia ser melhor aproveitado com outras tarefas como a análise de dados, por exemplo, ou a tomada de decisões mais estratégicas para a empresa. 

Inicialmente, é importante frisar que um bom planejamento nesta área deve considerar tributos federais, estaduais e municipais, impostos e taxas, entre outros valores que os gestores têm que estar atentos e que compõem uma gestão orçamentária eficiente. E com tantas informações, particularidades e mudanças acontecendo quase diariamente esse planejamento torna-se um desafio. 

É nesse cenário que softwares vêm ganhando espaço, com automação de processos que tornam o dia a dia mais prático para os gestores e proporcionam mais segurança para as organizações. Confira então 3 motivos para utilizar um software de planejamento orçamentário na rotina fiscal da sua empresa para diminuir a burocracia e facilitar as atividades. 

 

Mais agilidade

Quando realizada de forma manual, esta tarefa do setor financeiro requer tempo e atenção para os detalhes e as especificidades de cada valor, para evitar cálculos equivocados que podem resultar em custos para a empresa. Ou seja, caso algum detalhe passe despercebido, além da carga horária investida pelos profissionais, também será exigido da instituição o pagamento de multas para se regularizar.

Ao utilizar um software, as informações são parametrizadas de acordo com a particularidade de cada valor, e seus gestores não precisarão dedicar parte do dia apenas para calcular impostos. Usar a tecnologia a seu favor, permite elaborar um planejamento orçamentário mais eficiente, de forma mais rápida, e garantindo que a empresa estará em conformidade fiscal. 

 

Mais segurança

Atualmente no Brasil existem mais de 400 mil normas tributárias vigentes. Com 27 estados e mais de 5 mil municípios, acompanhar as mudanças no país é um desafio a ser superado diariamente. É necessário ter profissionais dedicados integralmente para compreender as normas e assegurar que o pagamento dos tributos será feito com informações atuais. 

Incluir a automação na rotina de trabalho, garante acompanhamento em tempo real e torna as análises mais seguras e confiáveis. Além disso, as horas que seriam dedicadas para acompanhar alterações e adaptar cálculos, poderão ser direcionadas para análises de dados ou planejamento de ações para a gestão orçamentária, por exemplo.

 

Mais transparência

Os recursos de um software para planejamento financeiro facilitam a visualização dos impostos e seus cálculos pelos gestores. Diferentemente de planilhas, que possuem um grande volume de informações e podem causar confusão até mesmo para o profissional mais experiente.

Além disso, também é possível detectar o impacto que os tributos causam para o caixa da empresa e auxiliar no planejamento orçamentário. Com dados sobre o quanto a instituição investe em tributos, os gestores podem antecipar-se para evitar imprevistos desagradáveis no final do mês. 

 

Toda área tributária e fiscal de uma empresa enfrenta um longo e desafiador processo para garantir que a organização esteja sempre de acordo com a lei. Desde estar com as normas atualizadas até o pagamento efetivo dos tributos, são diversas etapas que exigem dedicação e atenção aos mínimos detalhes. 

Como vimos acima, reduzir a burocracia é uma das funções da automação. Um recurso que permite que a energia investida nas atividades seja orientada para potencializar os resultados da empresa e tornar a rotina de trabalho mais simples e dinâmica. Veja também como é possível tornar sua gestão orçamentária mais ágil com um software de planejamento financeiro. 

 

Leia Também

Forecast de receitas: tenha mais previsibilidade no orçamento

31/05/2022

Forecast de receitas: tenha mais previsibilidade no orçamento

O forecast de receitas é uma boa escolha para organizações que desejam ter mais controle na área financeira. Ainda, para se diferenciar no mercado, há várias possibilidades para quem aposta na metodologia. [Leia mais]

O que é DFC e por que aderir na gestão da sua empresa

26/04/2022

O que é DFC e por que aderir na gestão da sua empresa

O DFC é um relatório é responsável por apontar a aplicação dos recursos financeiros da organização e outros dados importantes. [Leia mais]

Conheça as principais aplicações da DRE

30/03/2022

Conheça as principais aplicações da DRE

A DRE é considerada um retrato transparente do resultado econômico da empresa, e por isso apresenta grande importância para elaboração de relatórios gerenciais e para a própria definição do planejamento estratégico. [Leia mais]

Sobre a Allstrategy

A AllStrategy possui uma vasta experiência em transformar a gestão orçamentária de diversas empresas. No blog, reunimos o melhor conteúdo, com artigos exclusivos, que farão parte do seu dia a dia.