Automação da gestão orçamentária: confira 4 benefícios

Automação da gestão orçamentária: confira 4 benefícios
Publicado em 27/04/2021 - Atualizado em 27/04/2021 | Gestão

Gestores, CFOs e líderes financeiros sabem muito bem que seu trabalho pode ser bastante exaustivo. Afinal, a rotina diária inclui uma série de tarefas que têm papel transformador nas empresas. E dentre todas as atividades, muitas delas burocráticas, não basta apenas ser organizado: algumas coisas podem e devem ser automatizadas.

Analisando a questão da gestão orçamentária, o processo de automação resulta em diversos benefícios para as empresas. Alguns deles você já leu a respeito em nossos artigos, tais como facilidade para elaborar estratégias e agilidade na consolidação e na análise dos dados, entre outros. Mas as vantagens não param por aí. 

Continue a leitura e veja outras transformações importantes que a tecnologia pode oferecer ao seu negócio.

 

Segurança dos dados

Quando falamos em automação na gestão orçamentária, logo pensamos na segurança dos dados, visto que toda a movimentação fica registrada no software. Por isso, é importante avaliar a segurança e certificações oferecidas pela ferramenta.

Neste sentido, é imprescindível que o sistema conte com criptografia. Assim, as informações armazenadas na nuvem são divididas em vários servidores, dificultando a ação de possíveis invasores.

Além disso, o software ideal também deve permitir a criação de perfis exclusivos para que cada usuário possa acessar apenas dados pertinentes a sua função. Da mesma forma, os dispositivos de acesso também devem ser previamente autorizados pelo administrador.

 

Redução de erros

Conforme explicamos neste artigo, outro grande benefício da automação é, sem dúvidas, a minimização dos erros. Pois, quando um dado é informado incorretamente no software, fica muito mais fácil identificá-lo e corrigi-lo a tempo. 

Dessa forma, ao contrário do que ocorre com o uso exclusivo de planilhas, o processo de consolidação de dados gera uma maior confiabilidade para a equipe. Além disso, várias informações são importadas diretamente do sistema da empresa, o que reduz a chance de falhas que possam comprometer suas finanças.

 

Otimização do tempo

Visto que trabalha ininterruptamente, um software para planejamento orçamentário eleva o rendimento das demandas internas. Afinal, ao contrário dos processos manuais — que poderiam levar meses para serem concluídos —, com a consolidação automática dos dados, relatórios completos podem ser emitidos em poucos dias.

Então, ao deixar o tradicional e apostar no novo, o tempo que o profissional ganha pode ser melhor empregado. Como, por exemplo, na gestão de ações efetivas e direcionadas. 

 

Clareza na visualização 

Com o uso de um software de planejamento, a empresa passa a contar com várias outras funções que eram complicadas e demoradas de fazer manualmente, como a criação de cenários, dashboards e planos de ação. Dessa forma, facilita a identificação e visualização das metas que não foram alcançadas e quais superaram as expectativas.

 

Melhore sua gestão

Há ainda outras possibilidades no horizonte. Afinal, as que apontamos neste artigo são apenas alguns exemplos de atividades que, se automatizadas, geram ganho tanto para o gestor quanto para o negócio. 

Se as atividades ainda são feitas manualmente na sua empresa, pode ser que vocês estejam desperdiçando tempo e recursos. Então que tal começar agora mesmo a explorar seu potencial estratégico? Pesquise sobre as melhores ferramentas disponíveis no mercado e invista em um software que vai contribuir para uma melhor performance do seu negócio.

 

Leia Também

Planejamento orçamentário: 4 metodologias para aplicar em 2022

26/10/2021

Planejamento orçamentário: 4 metodologias para aplicar em 2022

O planejamento orçamentário é determinante para o futuro das empresas que, com a chegada do fim do ano, utilizam esse período para organizar os próximos passos. [Leia mais]

A importância dos relatórios gerenciais para empresas de capital aberto

05/10/2021

A importância dos relatórios gerenciais para empresas de capital aberto

Todas as empresas de capital aberto devem apresentar relatórios gerenciais em períodos trimestral e anual. Essa exigência torna os resultados mais transparentes e acessíveis, além de prevenir ações fraudulentas na bolsa. [Leia mais]

O que as métricas ESG têm a ver com o orçamento empresarial?

14/09/2021

O que as métricas ESG têm a ver com o orçamento empresarial?

As métricas ESG consideram outras iniciativas, além das tradicionais, como parâmetro de gestão de empresas. É o caso de políticas para cargos com remuneração condizente, ética e transparência na gestão orçamentária, além de questões ambientais - como emissão de gases poluentes e gestão de resíduos, por exemplo. [Leia mais]

Sobre a Allstrategy

A AllStrategy possui uma vasta experiência em transformar a gestão orçamentária de diversas empresas. No blog, reunimos o melhor conteúdo, com artigos exclusivos, que farão parte do seu dia a dia.