Epidemias e desastres ambientais podem impactar a sua empresa?

Epidemias e desastres ambientais podem impactar a sua empresa?
Publicado em 20/02/2020 - Atualizado em 02/06/2020 | Cenários e Revisões

Nenhuma empresa ou setor econômico está imune à crise ou alguma eventualidade que afete os negócios e, consequentemente, o planejamento orçamentário. Esses eventos acontecem rapidamente e de forma inesperada, sendo necessário que os gestores estejam constantemente atentos ao que acontece no macroambiente da empresa.

Neste começo de ano, a epidemia do COVID-19 afetou não apenas a saúde das pessoas, causando pânico e mudanças de hábitos, mas também derrubou as ações em diversas bolsas de valores ao redor do mundo, restringiu importações de produtos das áreas afetadas e até mesmo impactou o calendário e a estrutura de alguns eventos mundiais.

Embora este fato seja de escala global, existem diversos outros problemas locais e nacionais que podem afetar os negócios, de modo a desestabilizar todo o planejamento orçamentário realizado previamente, independentemente do tamanho da empresa.

Pode-se citar, por exemplo um desastre ambiental que impeça que a produção chegue aos consumidores, como o grande volume de chuva em várias cidades brasileiras, ou mudanças nas taxas nacionais de juros que afetem as exportações, diminuindo o volume de vendas, entre outros.

As empresas que são afetadas por situações externas precisam agir rapidamente, a fim de minimizar os danos e manter a gestão empresarial da forma mais estável possível. Mas não é necessário, e nem saudável, esperar que situações extremas aconteçam para que ações sejam tomadas.

Para isso, os recursos de construção de cenários econômicos (pessimistas ou otimistas, por exemplo) e a revisão periódica do orçamento são interessantes e podem trazer insights para os gestores, de modo que planos de ação possam ser antecipados e os objetivos sejam alcançados de forma satisfatória.

Para que a elaboração de cenários não se torne um processo complexo, o ideal é que o planejamento orçamentário já esteja bem estruturado. Melhor ainda se já estiver automatizado, facilitando a cópia e edição do orçamento. Assim, nenhuma informação se perde e todos os planos de ação derivados desta análise de cenários são elaborados de forma segura e transparente.

Finalmente, é necessário que os resultados da empresa sejam analisados com frequência e comparados ao planejamento financeiro, e caso seja necessário, os cenários elaborados estão a postos, podendo ser utilizados na gestão da empresa.

Leia Também

A importância do uso da DRE como instrumento de gestão

10/11/2020

A importância do uso da DRE como instrumento de gestão

A Demonstração do Resultado do Exercício (DRE) retrata de forma transparente e direta a composição do resultado econômico da empresa. Ela é obtida a partir de um processo dedutivo: os custos e despesas são extraídos da receita bruta e, dessa forma, o lucro ou prejuízo é apurado. [Leia mais]

Forecast: Como e por que usar no processo decisório

03/11/2020

Forecast: Como e por que usar no processo decisório

Podemos ver aplicação de forecast em quase todas as áreas, como: financeiro, RH, vendas e gerenciamento da produção. Certamente, quanto mais certeiras as previsões, mais eficaz será o planejamento. Como consequência, melhor será o aproveitamento dos recursos da empresa e retorno financeiro. [Leia mais]

Como a controladoria pode melhorar a gestão de uma empresa

22/09/2020

Como a controladoria pode melhorar a gestão de uma empresa

Uma controladoria eficiente é capaz reduzir significativamente ou até mesmo erradicar os riscos citados acima, em empresas de todos os tamanhos. Porém, muitas organizações parecem não ter compreendido ainda a importância da controladoria como ferramenta para exercer uma gestão de excelência. [Leia mais]

Sobre a Allstrategy

A AllStrategy possui uma vasta experiência em transformar a gestão orçamentária de diversas empresas. No blog, reunimos o melhor conteúdo, com artigos exclusivos, que farão parte do seu dia a dia.