Blog, Controladoria

Metodologias estratégicas: o que são e como aplicá-las em seu negócio

As metodologias estratégicas ajudam as empresas a alcançarem seus objetivos, metas e possuem um papel importante para que gestores(as) tomem as melhores decisões, levando sempre em consideração as expectativas do negócio.

Todo bom planejamento empresarial deve apresentar quais serão as estratégias que vão balizar as intenções de crescimento de uma empresa. E, para isso, existem diferentes metodologias estratégicas, que ampliam o leque de recursos para amplificar o poder do seu negócio.

Continue a leitura para descobrir quais são essas metodologias estratégias e como aplicá-los na sua empresa!

Índice Neste artigo, você encontrará:

  1. O que são metodologias estratégicas?
  2. Benefícios
  3. Tipos de metodologias estratégicas
  4. Como aplicar metodologias estratégicas?

O que são metodologias estratégicas?

As metodologias estratégicas são formas de alinhar e conduzir sua empresa na direção das metas. Em geral, elas apresentam um corpo de diligências pré-estabelecidas que visam alcançar os propósitos empresariais descritos no planejamento.

Portanto, antes de escolher entre um método e outro, torna-se necessário averiguar a aplicabilidade das metodologias. Assim, gestores e especialistas podem decidir qual será a metodologia mais próxima da realidade da empresa.

Benefícios

Utilizar metodologias estratégicas permite que gestores analisem a empresa sob diversos ângulos, o que é elementar para adequar o ritmo de todos os setores em um mesmo passo, rumo ao mesmo destino.

Além disso, entre alguns dos benefícios estão:

  • Otimização em todos os aspectos da gestão empresarial;
  • Foco no alcance de objetivos e metas;
  • Melhor análise e planejamento sobre a utilização dos recursos da empresa;
  • Aperfeiçoamento da produtividade e da qualidade nos processos.

Leia também: WACC: o que é, para que serve e como calcular?

Tipos de metodologias estratégicas

Para tornar o processo de alcance das metas mais assertivo, vamos apresentar cinco exemplos de metodologias estratégicas para colocar em prática na sua empresa!

Ciclo PDCA

Na metodologia do Ciclo PDCA, existem quatro etapas que são divididas em alguns passos. Todos são voltados para identificar e solucionar problemas dentro da empresa sob uma perspectiva geral, além de contribuir para uma melhoria contínua dos processos empresariais.

PDCA é uma sigla para Plan, Do, Check e Act (respectivamente planejar, fazer, checar e agir). Cada uma dessas fatias contém os seguintes passos:

  • Plan: identificar o problema, descobrir onde e porque começou, planejar as melhorias e criar o plano de ação;
  • Do: executar o trabalho;
  • Check: acompanhar e analisar o desempenho do trabalho e seus efeitos;
  • Act: em caso de sucesso, padronize o processo; se teve falhas, volte ao início do ciclo e faça-o novamente.

Diagrama de Ishikawa

Por outro lado, na metodologia do Diagrama de Ishikawa (conhecido como Espinha de Peixe), o foco está em analisar os processos da empresa de modo que seja possível identificar raiz dos problemas encontrados, sendo utilizado até mesmo para melhoria no controle de qualidade.

Os passos de análise dentro do diagrama são:

  • Mão de obra;
  • Maquinário;
  • Meio ambiente;
  • Material;
  • Medida;
  • Método.

O corpo visual do diagrama se assemelha a uma espinha de peixe, onde a cabeça apresenta o resultado final, ou seja, a raiz do problema analisado pelo processo anterior.

5 Porquês

Temos aqui uma metodologia estratégica que é bastante prática e possivelmente entrega resultados satisfatórios antes mesmo do quinto porquê ser perguntado. Essa ferramenta funciona de modo simples: por meio de perguntar, cinco vezes, sobre as causas dos problemas encontrados.

Dessa forma, uma resposta leva ao outro porquê, e assim a empresa descobre ou se aproxima muito da raiz dos problemas.

BSC

Já o método Balanced Scorecard (BSC) busca o alinhamento dos objetivos e metas do seu negócio por meio da medição do desempenho de quatro pilares essenciais da gestão empresarial:

  • Financeira;
  • Cliente;
  • Processos internos;
  • Aprendizado e crescimento.

Por meio dessa métrica de desempenho, os dados revelados pelo BSC servem para construir planejamentos, orçamentos e mensurar o progresso da empresa. Por abranger áreas e setores que normalmente são excluídos de outros medidores financeiros, acaba oferecendo também uma oportunidade de melhorar a empresa como um todo.

GPD

Por fim, o Gerenciamento Por Diretrizes (GPD) é uma metodologia estratégica baseada na potência comunicacional para orientar seus colaboradores. Nele, as diretrizes empresariais transformam-se em metas e passam a ser parte das estratégias do seu negócio, devendo ser de fácil acesso para todos os colaboradores.

Dessa forma, pretende-se fazer com que os colaboradores compreendam cristalinamente as solicitações dos líderes, gestores e diretores.

Como aplicar as metodologias estratégicas?

A aplicação das metodologias estratégicas propicia maior foco na evolução. Por trabalharem com um grande volume de dados, elas podem parecer um pouco difíceis de trabalhar. Contudo, é possível fazer a automatização desses processos. 

Com um software financeiro completo, como o AllStrategy Plano, é possível otimizar a gestão de uma empresa de forma muito mais prática e ágil.

Desenvolvido pensando nas necessidades de controladoria, o AllStrategy Plano permite a aplicação de estratégias diferentes para extrair informações preciosas para o seu negócio.

Para saber mais sobre como nossos softwares podem ajudar a descomplicar a rotina da sua

GOSTOU? COMPARTILHE ESTE ARTIGO!
Tags: controladoria, planejamento estratégico, Plano
2023 AllStrategy. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Fresh Lab - Inteligência em Marketing Digital