Projeção financeira: O impacto de Donald Trump à economia brasileira

Projeção financeira: O impacto de Donald Trump à economia brasileira
Publicado em 02/02/2017 - Atualizado em 07/05/2021 | Planejamento Orçamentário

O cenário mundial está fervilhando com as medidas protecionistas anunciadas por Donald Trump, após a sua posse como presidente dos Estados Unidos. As notícias chegam a todo momento, trazendo os protestos e resenhas de especialistas econômicos sobre o impacto de tais ações para a população de países do mundo todo.

Enquanto muitos empresários e economistas evidenciam uma enorme preocupação com esse novo cenário mundial, outros veem no protecionismo de Trump novas oportunidades para o Brasil. Segundo o Ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, tais medidas podem estabelecer novos acordos de livre comércio com outras economias.

O ministro prevê que até final de 2017, o Brasil seja capaz de negociar um acordo de livre comércio entre o Mercosul e a União Europeia, gerando transações econômicas quem poderão ser benéficas para ambos.

 

Projeção orçamentária

Independentemente de quais forem as medidas e ações que Donald Trump irá executar, elas impactarão no cenário político econômico brasileiro. Portanto, é melhor estar preparado. A projeção financeira é um recurso essencial para planejar custos e despesas da sua empresa, para um melhor controle do budget.

Se determinar o orçamento familiar é difícil, imagina o orçamento empresarial. Em casa, é complicado reunir todas as contas do mês e realizar uma projeção para saber exatamente quais serão os gastos do próximo mês. Afinal, uma coisa ou outra sempre foge daquilo que está previsto, acarretando outras despesas.

O orçamento empresarial exige atenção, tempo e disciplina da diretoria e dos gestores, além de demandar muita responsabilidade dos mesmos. No entanto, há maneiras de realizar a projeção orçamentária de forma mais assertiva, proporcionando um gerenciamento financeiro empresarial otimizado e deixando o budget ajustado às necessidades de unidades e centros de custos. 

 

Nos embalos da tecnologia

Atualmente, muitas corporações estão aderindo ao uso de software de gestão orçamentária para realizar o planejamento financeiro e a projeção de fluxo de caixa, a fim de ter mais controle e transparência nas finanças. Com tais ferramentas, é possível realizar planejamento de RH, projeção de vendas, planejamento de investimento, projeção de volumes e custos, entre outros.

Há a possibilidade de fazer análise de DRE com ampla visão de dados, forecast e ainda contar com recursos que proporcionam uma análise de performance do planejado x realizado por meio de relatórios e dashboard, além de possuir indicadores de desempenho e planos de ação. Desta forma, a consolidação de resultados fica muito mais rápida e eficiente, e a empresa com um gerenciamento financeiro empresarial mais assertivo.

A segurança que tais aplicativos proporcionam também é algo a ser destacado. Todos os dados são criptografados e a movimentação fica registrada com um backup de alta disponibilidade. Os modelos na nuvem são blindados e possibilitam que o gestor tenha total mobilidade e consequentemente, uma gestão do tempo mais eficaz.

 

Leia Também

Planejamento orçamentário: 4 metodologias para aplicar em 2022

26/10/2021

Planejamento orçamentário: 4 metodologias para aplicar em 2022

O planejamento orçamentário é determinante para o futuro das empresas que, com a chegada do fim do ano, utilizam esse período para organizar os próximos passos. [Leia mais]

A importância dos relatórios gerenciais para empresas de capital aberto

05/10/2021

A importância dos relatórios gerenciais para empresas de capital aberto

Todas as empresas de capital aberto devem apresentar relatórios gerenciais em períodos trimestral e anual. Essa exigência torna os resultados mais transparentes e acessíveis, além de prevenir ações fraudulentas na bolsa. [Leia mais]

Gestão empresarial e impostos: como reduzir a burocracia com a automação

10/09/2021

Gestão empresarial e impostos: como reduzir a burocracia com a automação

O Brasil é o país que mais gasta tempo com atividades relacionadas a impostos. Um bom planejamento nesta área deve considerar tributos federais, estaduais e municipais, impostos e taxas, entre outros valores que os gestores têm que estar atentos e que compõem uma gestão orçamentária eficiente. [Leia mais]

Sobre a Allstrategy

A AllStrategy possui uma vasta experiência em transformar a gestão orçamentária de diversas empresas. No blog, reunimos o melhor conteúdo, com artigos exclusivos, que farão parte do seu dia a dia.