Modelos de custos e despesas: Saiba como automatizar o processo

Modelos de custos e despesas: Saiba como automatizar o processo
Publicado em 09/02/2017 - Atualizado em 01/04/2021 | Planejamento Orçamentário

Para realizar o gerenciamento inteligente de despesas, é necessário fazer uma análise de DRE criteriosa e projetar tais dados, com um acréscimo percentual, para definir o orçamento empresarial do próximo período.

No entanto, há custos e despesas que não podem ser projetadas num montante único, sem uma avaliação distinta. Vamos supor que Jorge seja o gerente financeiro de uma indústria madeireira. Ao analisar as despesas com telefone, ele não pode simplesmente fazer a soma do total e projetar com uma margem, no orçamento.

É necessário fazer um detalhamento de minutos, para entender a origem de maiores e menores gastos, projetando mais assertivamente o budget para cada unidade e centros de custos. Agora, imagine o enorme trabalho que ele teria se fizesse tal detalhamento por meio de planilhas.

Dependendo do número de colaboradores, unidade e centros de custo, é um processo demorado e um tanto maçante. Se houver reajustes ao longo do período, a situação complica-se ainda mais.

 

Processo orçamentário simplificado

Atualmente, muitos profissionais de controladoria e gestão estão utilizando softwares de gestão orçamentária, que automatizam o processo, deixando a projeção financeira muito mais rápida, segura e eficiente. Ao invés de criar várias planilhas para despesas com telefonia e distribuí-las entre os centros de custos, a ferramenta possibilita a criação de um modelo de despesas que concentra tudo em um só lugar.

Nesse caso, o Jorge faz a parametrização do modelo para custos com telefonia, discriminando o valor do minuto e a quantidade de minutos utilizados, para então fazer uma forma simplificada e obter o valor total. O sistema possibilita o detalhamento por colaborador ou setor, fazendo com que ele possa realizar uma auditoria de valores, para saber a origem de cada conta.

Então, o gestor concede o acesso para cada responsável de setores ou unidades e estes alimentam o sistema, como faziam nas planilhas, com a diferença que com o software, toda a movimentação é monitorada, registrada e autorizada pelo administrador. Além disso, a consolidação de resultados é feita em poucos segundos e o total já fica vinculado na conta da DRE. 

 

As vantagens são inúmeras

O gestor tem a possibilidade de projetar reajustes que são calculados automaticamente, além de inserir comentários nas células e realizar rápida auditoria de valores. E se a sua preocupação é já ter todas as informações em planilhas, há modelos que possibilitam o comando CRTL+C e CRTL+V, realizando uma cópia instantânea de dados.

Os softwares de gestão orçamentária auxiliam empresas dos mais diversos segmentos a realizarem o planejamento financeiro de forma muito mais rápida e segura. É possível planejar a folha de pagamento, vendas, investimentos, custos com produção, entre outros. Ainda é possível realizar a análise de performance do planejado x realizado, determinar indicadores de desempenho e desenvolver planos de ação, de maneira simplificada e eficiente.

Há aplicativos com armazenamento na nuvem, proporcionando mobilidade ao gestor que precisa se deslocar com frequência e acessar seus dados de outros lugares. Os relatórios e dashboards são de fácil visualização, com filtros que agilizam o processo orçamentário.

São inúmeras as vantagens e se você se interessar, pesquise mais sobre essas ferramentas que estão revolucionando a gestão financeira de várias corporações.

Leia Também

A importância dos relatórios gerenciais para empresas de capital aberto

05/10/2021

A importância dos relatórios gerenciais para empresas de capital aberto

Todas as empresas de capital aberto devem apresentar relatórios gerenciais em períodos trimestral e anual. Essa exigência torna os resultados mais transparentes e acessíveis, além de prevenir ações fraudulentas na bolsa. [Leia mais]

Gestão empresarial e impostos: como reduzir a burocracia com a automação

10/09/2021

Gestão empresarial e impostos: como reduzir a burocracia com a automação

O Brasil é o país que mais gasta tempo com atividades relacionadas a impostos. Um bom planejamento nesta área deve considerar tributos federais, estaduais e municipais, impostos e taxas, entre outros valores que os gestores têm que estar atentos e que compõem uma gestão orçamentária eficiente. [Leia mais]

5 motivos para migrar planilhas para um software de planejamento estratégico

31/08/2021

5 motivos para migrar planilhas para um software de planejamento estratégico

Estima-se que entre 20% e 40% das planilhas usadas por organizações ao redor do mundo para controle financeiro possuem algum tipo de falha. Basta um erro de digitação na fórmula para comprometer os resultados do planejamento estratégico e causar prejuízos. [Leia mais]

Sobre a Allstrategy

A AllStrategy possui uma vasta experiência em transformar a gestão orçamentária de diversas empresas. No blog, reunimos o melhor conteúdo, com artigos exclusivos, que farão parte do seu dia a dia.