Projeção de ROI: Entenda a importância para sua empresa

Projeção de ROI: Entenda a importância para sua empresa
05/10/2017 | Planejamento Orçamentário

ROI (Return On Investment) é uma métrica muito utilizada por gestores financeiros para mensurar o retorno de algum investimento. Empresas costumam utilizar esse cálculo para avaliar o retorno na compra de maquinário, equipamentos e materiais, mas outras instituições também utilizam tal recurso para outros tipos de investimentos.

O cálculo do ROI é simples: consiste no valor da receita líquida gerada pelo investimento, subtraído pelo o custo de aquisição do mesmo. O total deverá ser divido pelo custo de aquisição e então, multiplicado por 100, para obter o valor em percentual.

Complicado? Vamos citar um exemplo para simplificar essa equação matemática: você comprou um equipamento no valor de R$100.000. Tal equipamento gerará um ganho para empresa de R$50.000 ao ano (deduzindo os encargos e outros custos) e sua duração de vida será de 10 anos. Logo, ele renderá um total de R$500.000.

Então, você subtrairá a receita total e o custo de aquisição (500.000-100.000), que dará um resultado de 400.000. Esse valor deverá ser dividido pelo custo de aquisição (400.000/100.000). Para obter um resultado em porcentagem, é só multiplicar por 100. Então seria 4x100= 400% de retorno de investimento.

É importante ressaltar que apenas o que for relacionado ao investimento deverá ser incluso no cálculo. Todo gasto e tempo relacionados ao investimento, também deverão ser levados em consideração. Há fatores externos que podem influenciar no cálculo, fazendo com que o ROI fique falho. Portanto, é preciso ser minucioso ao medi-lo.

Projeção de ROI

O ROI, como foi mencionado anteriormente, é uma métrica importante e muito utilizada por gestores que desejam aferir o retorno de algum investimento adquirido ou não. É por meio desse cálculo, que muitos profissionais tomam a decisão de fazer ou não uma aquisição e, portanto, precisa estar alinhado com o planejamento orçamentário da empresa.

É no desenvolvimento do orçamento anual, que os gestores definem as despesas e investimentos para o período, ajustando os mesmos a cada unidade e centro de custo, para controlar o fluxo de caixa.

Durante esse processo, é importante que o administrador faça a projeção de ROI no planejamento financeiro da empresa, para que todo o cálculo que inclui as despesas, vida útil e receita sejam atreladas aos demais custos da instituição e o impacto de tal investimento no fluxo de caixa possa ser avaliado. 

Projeção de cenários

Por meio da projeção de ROI, é possível avaliar como será o retorno do investimento ao longo dos meses e como o fluxo de caixa se comportará ao mesmo. Às vezes, tal aquisição agregará positivamente à empresa e outras, nem tanto.

Com isso, é preciso que a instituição esteja preparada para possíveis acontecimentos atrelados ao investimento, que juntamente a fatores externos, podem modificar aquilo que foi planejado. A projeção de cenários é um recurso bastante utilizado por gestores que desejam se antecipar a eventuais mudanças e planejar o curso orçamentário dentro dessa nova realidade.

A projeção de ROI pode despertar no administrador a necessidade da simulação de outros cenários, nos quais aquele determinado investimento proporcionaria um retorno melhor e assim, garantir um resultado positivo.

Software de gestão orçamentária

Para auxiliar o gestor na hora de realizar a projeção de ROI e das despesas da empresa, muitas instituições estão recorrendo ao uso de aplicativos de gestão orçamentária para desenvolver o planejamento financeiro de uma forma mais assertiva.

Além de realizar a projeção de ROI e a projeção de cenários, tais ferramentas possibilitam planejar o orçamento da empresa com armazenamento na nuvem e com muito mais segurança, visto que todos os acessos são restritos ao administrador e registrado no sistema, sem perda de dados ou bugs comuns em planilhas.

O software de gestão orçamentária realiza análise de performance com base nos indicadores de desempenho, relatórios customizáveis e gráficos de fácil visualização. Em alguns modelos, é possível realizar auditoria de valores com apenas um clique, além de inserir comentários nas células numéricas, importar ou exportar dados, entre outras funcionalidades.

Se sua empresa está precisando ter controle das finanças e um planejamento orçamentário mais assertivo, vale a pena pesquisar por ferramentas como essa. 

Leia Também

5 dicas para sua empresa lidar com as mudanças rápidas do mercado

14/04/2020

5 dicas para sua empresa lidar com as mudanças rápidas do mercado

A cada dia fica mais nítido o quanto o mundo está interligado. A globalização e a tecnologia uniram todo o mundo em uma Aldeia Global, permitindo que grandes distâncias fossem vencidas com transmissões de televisão ou poucos cliques na internet. [Leia mais]

Planejamento Orçamentário: Como decidir qual despesa cortar?

09/04/2020

Planejamento Orçamentário: Como decidir qual despesa cortar?

Existem momentos que o cenário econômico nos obriga a tomar algumas medidas para proteger o caixa da empresa. Estamos vendo essa situação atualmente: as organizações estão olhando com muita atenção para suas despesas a fim de entender o que realmente é necessário para o funcionamento da operação empresarial, e o que, pelo menos provisoriamente, pode ser pausado. [Leia mais]

Um cenário pessimista na prática: COVID-19

25/03/2020

Um cenário pessimista na prática: COVID-19

Gestores de milhões de empresas em todo o mundo foram pegos de surpresa por uma situação que com certeza não passou pela cabeça de ninguém em meados de outubro de 2019, quando elaboraram o planejamento estratégico e orçamentário do ano seguinte: uma pandemia. [Leia mais]

Sobre a Allstrategy

A AllStrategy possui uma vasta experiência em transformar a gestão orçamentária de diversas empresas. No blog, reunimos o melhor conteúdo, com artigos exclusivos, que farão parte do seu dia a dia.