Blog, Controladoria

Tipos de orçamento empresarial: qual o melhor para sua empresa?

Para manter um negócio em crescimento, deve-se escolher entre os tipos de orçamento empresarial  qual é o ideal para a saúde e desenvolvimento da organização. Em contextos de mudanças, é importante contar com a metodologia mais indicada para, assim, conseguir alcançar os objetivos almejados.

A seleção de um tipo de orçamento empresarial é apenas o começo, mas é essencial tomar a decisão correta já no início ao adotar uma maneira para administrar as finanças. Neste conteúdo, você vai conhecer os principais modelos, suas aplicações e quais são seus benefícios para a gestão orçamentária.

Ao final deste artigo, você terá as informações necessárias para tomar a melhor decisão.

5 principais tipos de orçamento

Em dúvida de qual é a melhor opção para a sua gestão orçamentária?
Confira os principais tipos de orçamento empresarial e entenda qual é o melhor para a demanda do seu negócio.

1. Orçamento estático

Uma das modalidades mais adotadas, o orçamento estático consiste em não alterar o planejamento orçamentário até o fim do seu período. Dessa forma, a gestão lança as informações financeiras (receitas, despesas e lucro) e acompanha o que foi realizado ao longo do ano, entretanto, não faz alterações no seu orçamento.

É um modelo comum em orçamentos públicos de empresas governamentais, já que possuem processos burocráticos e seguem o seu orçamento à risca. Isso porque, uma alteração no orçamento implicaria em um “aditivo” para a gestão, o que significa entrar em um novo processo de requisição e análise.

2. Orçamento ajustado

Já o orçamento ajustado – também conhecido como forecast -, consiste em acompanhar o orçamento e fazer alterações conforme a necessidade do planejamento. Com ele, caso você tenha uma despesa não prevista (matéria-prima ficou mais cara, por exemplo), pode adequar o restante do orçamento de acordo com o objetivo da empresa.

Existe também o modelo pré-agendado de forecast, ou seja, a gestão determina períodos para acompanhar o realizado e adequar o orçamento para os meses seguintes de acordo com os resultados daquele período.

É um dos tipos de orçamento que contribui com mais confiabilidade no orçamento, uma vez que a gestão orçamentária estará mais preparada para mudanças externas. Porém, é preciso considerar o tempo investido nessas revisões, para que a equipe financeira se organize.

3. Orçamento base zero (OBZ)

O orçamento base zero é um modelo que propõe definir o orçamento empresarial para o próximo ano sem considerar o ano anterior. Pode ser feita uma análise histórica para observar determinados padrões, entretanto, o orçamento é desenvolvido, também, com análises de mercado e estudos de tendência.

É um modelo utilizado em contextos em que a organização passa por reformulações, como um novo direcionamento financeiro ou novas estratégias – por exemplo. Assim, a gestão consegue determinar o orçamento para os próximos exercícios, já que a complexidade do modelo auxilia a traçar orçamentos para períodos maiores.

4. Orçamento contínuo

Também conhecido como rolling forecast, tem uma proposta diferente do modelo ajustado: o planejamento orçamentário vai de janeiro a dezembro e, após o primeiro mês, é feito novamente o planejamento para os próximos 12 meses. Diferente de outros modelos de orçamento, o modelo contínuo propõe um “pré-orçamento” para o próximo ano.

Dessa forma, enquanto outras organizações estão começando o ano com o seu planejamento, o Rolling Forecast já possui os resultados financeiros previstos para o próximo período. Assim, a organização tem mais previsibilidade para tomar decisões mais seguras de investimento ou outras abordagens para a empresa.

5. Orçamento matricial

Conhecido como orçamento OMD, o orçamento matricial é orientado a partir da aprovação das despesas, ou seja, com um controle maior dos gastos da organização. É dividido por pacotes de despesas, que precisam ser aprovados pela entidade de cada pacote.

Os valores precisam ser justificados e podem não ser aprovados pelo gestor do pacote, iniciando um processo de negociação entre os gestores, para justificar os números orçados.
Apesar de ser um processo burocrático, traz mais segurança para o orçamento da organização, pois são duas pessoas analisando e acompanhando os mesmos valores.

Como apoiar o orçamento ao longo do ano

Revisões e forecasts

As revisões são necessárias para garantir que o orçamento será aplicado da melhor forma. Cada negócio avalia a necessidade de revisão para determinados períodos. Pode ser feito a cada trimestre ou, ainda, por semestre.

Com as análises de forecast, sua gestão consegue avaliar os resultados do negócio ao longo do tempo, para deixar evidente quais serão os próximos passos da gestão diante do que foi planejado versus o que foi realizado.

Cenários econômicos

Apesar de ser um tanto desafiador, projetar cenários econômicos para o planejamento orçamentário é essencial para preparar sua gestão para movimentos que podem acontecer no ambiente externo da empresa. Dessa forma, você não será pego de surpresa e poderá preparar o orçamento para a mudança.

Nesta condição, você pode aplicar a projeção de cenários para diversas frentes do negócio: desde vendas até às despesas. Inclusive, é interessante usar dados históricos da empresa para trazer previsibilidade para o dia a dia e, dessa forma, desenhar os diversos cenários que a empresa pode enfrentar.

Por que automatizar o orçamento?

Não é novidade que a automação veio para ficar e pode ser aplicada em diversas áreas da empresa – da área de recursos humanos ao orçamento empresarial. Por isso, investir em uma ferramenta capaz de automatizar vários tipos de orçamento empresarial é uma boa aposta, pois contribui com:

  • Aumento na produtividade: sua gestão ganhará tempo sem precisar dedicar-se à atividades burocráticas;
  • Diminui os riscos: a automação é aliada da segurança, já que reduz a chance de erros e não prejudica os resultados da empresa;
  • Maior assertividade: com a ferramenta certa, você consegue ter mais confiabilidade nos números estabelecidos;
  • Estratégias mais alinhadas: com a sua gestão focada nos objetivos do negócio, você consegue ter estratégias mais assertivas para alcançar o sucesso da empresa.

Software Alstrategy Plano

A tecnologia como recurso

Nenhum negócio sobrevive sem ter um orçamento bem definido e detalhado, que contenha as informações necessárias para exercer as atividades diárias e garantir seus compromissos financeiros. Entretanto, com diversas opções disponíveis, é importante escolher o que melhor atende ao seu negócio.

Seja qual for sua avaliação e análise para escolha, conte com o Software Plano para acompanhar sua gestão, com recursos para os mais diversos tipos de orçamento empresarial, que proporcionam mais benefícios para toda a empresa.

GOSTOU? COMPARTILHE ESTE ARTIGO!
Tags: Gestão Orçamentária, orçamento, Planejamento Orçamentário
2023 AllStrategy. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Fresh Lab - Inteligência em Marketing Digital