Blog, Tesouraria

Tipos de fluxo de caixa: saiba quais são e como automatizar

Você conhece todos os tipos de fluxo de caixa disponíveis? O controle financeiro é um pilar que preza pela saúde financeira de uma empresa. Por isso, para construir uma base sólida, existe um instrumento importante para esse acompanhamento: o fluxo de caixa.

Por isso, a principal função do fluxo de caixa é, como o próprio nome indica, analisar e obter informações sobre o caixa da empresa.

Ver as entradas e saídas de capital, apurar o estado financeiro da empresa e até mesmo projetar futuros investimentos são alguns dos principais benefícios desse acompanhamento. Portanto, o bom planejamento financeiro é auxiliado pelo fluxo de caixa por sua capacidade de prever possíveis problemas financeiros.

Para aprofundar seu conhecimento sobre a importância do fluxo de caixa e descobrir quais são os tipos existentes, além de qual se encaixa melhor no seu negócio, continue acompanhando o artigo!

Índice – Neste artigo, você encontrará:

  1. Fluxo de caixa: qual importância?
  2. Tipos de fluxo de caixa
  3. Fluxo de caixa automatizado

Fluxo de caixa: qual a importância?

O fluxo de caixa não é apenas um detalhe no cotidiano financeiro. Todo gestor com visão de futuro deve ter em mãos todos os meios possíveis para manter as finanças empresariais sob controle.

Ao utilizar o fluxo de caixa, é possível encontrar informações sobre o estado atual da empresa e apurar dados para tomadas de decisões do negócio. Portanto, a importância do fluxo de caixa se constrói sobre diversos pontos, tais como:

  • Saber se precisa realizar corte de custos e examinar o motivo da falta dinheiro no caixa;
  • Saber quanto dinheiro há disponível no caixa e o quanto poderá ser utilizado para realizar novos investimentos.

O impacto estende-se para todas as áreas, do marketing ao planejamento, pois as informações do fluxo de caixa ajudam a gerenciar todas as despesas e gastos da empresa.

Por isso, para extrair o máximo de eficiência do seu fluxo de caixa, é preciso acompanhá-lo periodicamente e atualizar os dados com frequência. Assim, as informações pertinentes ao seu negócio sempre condizem com a realidade exata vivida pela empresa.

Leia também: Planilha de Fluxo de Caixa: saiba para que serve e baixe grátis 

Tipos de fluxo de caixa

Até agora, vimos o conceito básico de fluxo de caixa adotado pelas empresas. No entanto, um leque de tipos de fluxo de caixa diferentes, com funcionalidades específicas, que podem agregar ainda mais na gestão financeira da sua empresa.

A seguir, você confere alguns dos mais comuns e utilizados:

Projetado

O fluxo de caixa projetado é uma ferramenta cujos dados servem para embasar o planejamento financeiro da empresa ou de algum investimento futuro. Ele ajuda na tomada de decisões, em como proceder para atingir metas e uma espécie de precaução para contornar possíveis problemas financeiros.

Por fim, esse tipo de fluxo de caixa leva em conta informações de todos os fluxos de caixa já realizados pela empresa para construir sua própria análise.

Operacional

Já o fluxo de caixa operacional está relacionado ao funcionamento da empresa. Ele analisa as movimentações financeiras (entradas e saídas de capital) que são destinadas ao âmbito operacional do seu negócio. Ou seja, controla e acompanha como o dinheiro destinado ao pagamento dos colaboradores ou fornecedores, por exemplo, são utilizados. 

Indireto

O fluxo de caixa indireto serve para avaliar os impactos do caixa. Ele é realizado tendo como base o lucro líquido, por isso, utiliza o DRE (Demonstrativo de Resultados do Exercício) e o BP (Balanço Patrimonial). Assim, ele analisa qual é o desempenho econômico da empresa, apontando suas variações.

Direto

Por outro lado, o fluxo de caixa direto investiga as entradas e saídas em sua totalidade, desconsiderando qualquer tipo de desconto. Aqui, o que importa é o valor bruto.

A partir dele é possível ver, de modo mais direto, o quanto de capital entra e sai em um determinado período.

De investimentos

Já o fluxo de caixa de investimentos avalia o quanto e como o capital da empresa foi usado com investimentos específicos ao longo de um determinado período. É uma métrica muito utilizada para fornecer material aos investidores e ajudá-los na decisão de investir ou não em algo, como adquirir novos equipamentos.

Livre

Em contrapartida, o fluxo de caixa livre é realizado quando as despesas e demais saídas de dinheiro já foram feitas. Geralmente, o dinheiro que sobra serve para quitar débitos com acionistas ou investidores – uma empresa que cumpre seus compromissos é sempre bem vista no mercado.

Com essa análise focada no capital livre de outros descontos, é possível verificar ao longo do tempo como buscar formas de uma empresa crescer.

Simples

Já o fluxo de caixa simples é o mais utilizado. Ele controla as entradas e saídas do capital, além de possibilitar outras análises, como citamos no começo do artigo.

Diário

Por outro lado, o fluxo de caixa diário é similar ao fluxo de caixa simples, mas aqui o monitoramento das entradas e saídas de capital é feito diariamente, e não em períodos maiores. A vantagem é identificar problemas com mais rapidez.

Descontado

Por fim, o fluxo de caixa descontado, de forma geral, calcula o valor de um investimento com base na projeção de fluxo de caixa futuro, e isso serve para analisar o potencial de lucro da empresa.

Fluxo de caixa automatizado

Apesar de suas diferenças, os tipos de fluxo de caixa contam com pontos em comum: a grande quantidade de dados que precisam ser processados e analisados e a necessidade de conduzi-los com cuidado e em tempo hábil.

Atualmente, empresas que prezam pela saúde financeira e tem visão de futuro buscam otimizar todos esses itens por meio da automatização do fluxo e do controle dos caixas por meio da tecnologia.

Portanto, é possível otimizar o trabalho e liberar os colaboradores para tarefas mais importantes enquanto os softwares geram e obtém informações precisas de forma segura.

Com o Software AllStrategy Fluxo, você adquire todos esses benefícios, garantindo maior agilidade e assertividade na tesouraria do seu negócio e reunindo todos os dados financeiros em uma única ferramenta!

Nossa solução automatiza tarefas manuais, entrega dados com precisão e em tempo real, possibilitando que a área foque em processo mais importantes! Para saber como nosso software pode ajudar seu negócio, clique aqui!

GOSTOU? COMPARTILHE ESTE ARTIGO!
Tags: Fluxo, fluxo de caixa, tesouraria
2023 AllStrategy. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Fresh Lab - Inteligência em Marketing Digital