Blog, Gestão Empresarial

Orçamento Estático: você sabe o que é?

orcamento-estatico-blog

Não existe um modelo padrão ideal para fazer um orçamento empresarial. É necessário conhecer todas as opções e avaliar qual se encaixa melhor na sua empresa. Aqui, você encontrará detalhes sobre o Orçamento Estático.

Antes de desenvolver um planejamento financeiro, é preciso escolher a metodologia apropriada para sua empresa, já que isso difere de uma instituição para outra. Por exemplo, o modelo de Orçamento Estático é comumente utilizado por empresas brasileiras, especialmente as de grande porte.

De modo geral, é um método que elabora o orçamento com base em volumes de produção ou vendas fixos. Confira, neste artigo, como esse modelo opera e como ele pode ser aplicado de forma eficiente para alcançar os objetivos financeiros da empresa.

Índice – Neste artigo, você encontrará:

O que é Orçamento Estático?

O Orçamento Estático é um tipo de orçamento que não sofre alterações, independentemente se os resultados da empresa foram abaixo ou acima do esperado.

Em termos mais simples, é como se a empresa implementasse um teto de orçamento e não permitisse que nada o ultrapasse, seja qual for o motivo.

Nesse modelo, as peças orçamentárias (receitas, despesas, custos, investimentos etc.) são elaboradas tomando por base os volumes pré-fixados, sejam eles de produção, vendas ou qualquer outro estipulado pela empresa.

Em posse das estimativas, é possível prever o orçamento para todos os seus departamentos, o que também fornece um panorama sobre os gastos com colaboradores, matéria-prima, entre outros recursos.

Qual a diferença entre Orçamento Estático e Orçamento Flexível?

O Orçamento Flexível é construído de modo que seja permitido realizar ajustes nele, independentemente do nível de atividade.

É um tipo de gestão orçamentária que considera quase tudo como custo variável e, ao contrário do Orçamento Estático, as peças orçamentárias não ficam presas a nenhuma base de estimativa pré-determinada de produção ou vendas.

O uso do Orçamento Flexível também ajuda no controle do custo por produto e dos recursos da empresa, analisando suas variáveis e permitindo que sejam feitos reajustes em caso de necessidade.

Deste modo, o Flexível difere do Estático também por não possuir meta fixa de faturamento ou de produção por produto.

Leia também: Modelos de custos e despesas: Saiba como automatizar o processo

Quais as vantagens do Orçamento Estático?

O Orçamento Estático otimiza o gerenciamento do orçamento empresarial, porque o plano elaborado para o período, geralmente anual, deverá ser seguido sem revisões ou alterações.

Para empresas com diversas filiais ou muitos departamentos, o âmbito estático desse modelo orçamentário auxilia no acompanhamento e análise. Afinal, seria mais complicado lidar com inúmeras revisões orçamentárias em uma empresa com filiais espalhadas pelos quatro cantos do Brasil.

Outra grande vantagem é a rapidez na identificação de gastos incorretos ou abusivos dos recursos de um negócio, assim como na percepção de erros que podem prejudicar o seu negócio.

Isso ocorre porque a rigidez do Orçamento Estático e seus números invariáveis para o período estipulado facilitam o rastreio e a tomada de ações para corrigir valores que os extrapolam.

A mensuração de resultados torna-se mais ágil com essa metodologia, rastreando os pontos fortes e os que merecem maior atenção de forma mais rápida.

Mesmo para empresas grandes ou com múltiplas filiais, o número de colaboradores envolvidos no gerenciamento desse modelo orçamentário é consideravelmente mais conciso, possibilitando focar a atenção em outros assuntos mais urgentes da empresa. Com isso, os gestores podem ampliar o escopo e o foco sem contratar novos profissionais.

O menor número de profissionais envolvidos se dá pelo simples motivo de não haver revisões e adequações conforme o tempo passa, no entanto, isso não afeta a apuração dos indicadores de desempenho dos gestores. É justamente o contrário. O lado estático também simplifica e aumenta a assertividade na hora de analisar como os gestores atuaram em prol dos objetivos e das metas empresariais.

Veja mais algumas vantagens trazidas pelo Orçamento Estático:

  • Visão clara e estável das receitas e despesas;
  • Maior precisão na hora de prever as necessidades financeiras da empresa.

Quando optar pelo Orçamento Estático?

Se o seu negócio tem volumes de vendas e de produção mais estáveis, é recomendado o uso do Orçamento Estático. Outro exemplo típico de empresas que optam por este modelo são empresas com muitas filiais, como apontamos acima.

Vale ressaltar mais uma vez que esse tipo de gestão orçamentária não faz reajustes nem mesmo diante de mudanças de cenário econômico. Essa é a parte central do conceito, portanto, é necessário tê-la em mente antes de utilizá-la.

Escolher entre um ou outro modelo orçamentário é uma decisão importante que deve fazer sentido para a empresa. No entanto, essa escolha não é excludente. Há negócios que utilizam o Orçamento Estático e o Flexível, outros combinam o Orçamento Base Zero com o Matricial.

O AllStrategy Plano oferece um grande suporte para a gestão orçamentária e estratégica da sua empresa, com todas as funcionalidades essenciais para administrar seus negócios. Leve os benefícios para dentro da sua rotina e eleve o nível de atuação da sua controladoria.

Software-Allstrategy-Plano
GOSTOU? COMPARTILHE ESTE ARTIGO!
Tags: controladoria, Gestão Orçamentária, Orçamento Empresarial, planejamento financeiro

Blog mais lidos