Blog

Análise Vertical – DRE: Tudo o que você precisa saber

Análise de DRE

Análise Vertical – DRE é uma das primeiras avaliações a serem feitas no início de uma análise financeira para identificar a situação: financeira, patrimonial e econômica de uma empresa. Somada à Análise Horizontal, ela permite entender o que aconteceu com as contas da organização no tempo investigado.

Em outras palavras, a Análise Vertical vai esclarecer o quanto uma conta representa no todo que ela faz parte. Quer identificar o quanto o estoque representa do ativo da empresa, por exemplo? Então, você precisa realizar uma análise vertical.

Imagine que no período de 3 meses seu negócio teve uma receita de 100 mil e um custo de R$ 35 mil. Você saberia dizer o quanto esse custo representa em seu faturamento? Essa análise é chamada de vertical.

Entenda aqui esse conceito e como ele impacta na visão geral da sua organização.

Índice – Neste artigo, você verá:

O que é Análise Vertical?
Para que serve a Análise Vertical?
Diferença entre Análise Vertical e Análise Horizontal
Como fazer um Análise Vertical?
Conheça o AllStrategy Plano

O que é Análise Vertical?

A Análise Vertical apresenta os resultados financeiros de uma empresa de forma relativa, mostrando a proporção de cada item em relação ao total. É uma ferramenta para avaliar os números que compõem o todo de um período específico. Por exemplo, ao concluir que 42% da receita trimestral foram destinados às despesas operacionais, você está realizando uma Análise Vertical.

Para que serve a Análise Vertical?

Quando uma empresa de capital aberto divulga a Demonstração do Resultado do Exercício (DRE), uma das primeiras informações que atrai olhares de interessados – inclusive é destaque nas notícias – é o lucro ou prejuízo obtido no período observado.

Esse número é resultado de uma análise vertical: existem receitas totais, despesas totais, um resultado bruto e a dedução dos impostos. O resultado é o lucro ou prejuízo da organização.

A Análise Vertical – DRE aqui serve para mapear o desempenho de uma empresa em um determinado período. Mas ela também serve de embasamento para o investidor sobre o lucro de uma organização e do setor em que ela está.

Veja também: Análise de DRE: Saiba como otimizar seus resultados

Diferença entre Análise Vertical e Análise Horizontal

A diferença entre a Análise Vertical e a Análise Horizontal é que a primeira expressa cada item de uma demonstração contábil como uma porcentagem de um item base, geralmente a receita total, permitindo uma avaliação da estrutura financeira da empresa ao longo do tempo. Já a Análise Horizontal compara os valores de itens específicos ao longo de períodos consecutivos, identificando tendências e variações significativas. 

Ambas são ferramentas de análise financeira e fornecem insights valiosos sobre a saúde financeira e o desempenho de uma empresa.

Como fazer uma Análise Vertical?

A fórmula para fazer Análise Vertical é:

AV = (Conta ou grupo de contas / Receita Total ou a Receita Líquida) x 100

Essa fórmula permite que você calcule a porcentagem de cada conta ou grupo de contas em relação à receita total ou receita líquida. Por exemplo, se a receita total for de R$ 100.000 e a despesa com pessoal for de R$ 20.000, a análise vertical para despesas com pessoal seria:

AV = (20.000 / 100.000) x 100

AV = 0,20 x 100

AV = 20%

Isso significa que as despesas com pessoal representam 20% da receita total. 

Você pode usar essa técnica para todas as contas do Demonstrativo de Resultado do Exercício (DRE), permitindo uma compreensão detalhada da estrutura de custos e despesas em relação à receita.

É claro que há outras variáveis devem ser consideradas, sendo algumas delas:

  • Receita líquida;
  • Custo da mercadoria;
  • Lucro bruto;
  • Despesas operacionais;
  • Lucro operacional;
  • Receitas/Despesas Não Operacionais;
  • Resultado antes do IR e CSLL;
  • IR e CSLL; e
  • Lucro Líquido;

Porém, para exemplificar, compartilhamos aqui uma versão simplificada do que acontece no no dia a dia de empresas de médio e grande porte.

A ideia é trazer a ferramenta de Análise Vertical – DRE para o contexto da sua empresa, e avaliar precisamente os dados utilizados para construir estas demonstrações contábeis, visto que precisa de garantia da veracidade das informações para tomada de decisão. Considere, então, somá-la a outras ferramentas de controle de dados, como um ERP para a área financeira.

Conheça o AllStrategy Plano

O AllStrategy Plano foi criado para apoiar a gestão orçamentária e estratégica de médias e grandes empresas, oferecendo todas as funcionalidades essenciais para administrar seus negócios. Descubra os benefícios para sua organização e comece a investir no futuro hoje mesmo.

Clique no banner e saiba mais sobre!

Software-Allstrategy-Plano
GOSTOU? COMPARTILHE ESTE ARTIGO!
Tags: Gestão Orçamentária, Planejamento Orçamentário, Plano

Blog mais lidos