A tecnologia na gestão empresarial e como implementá-la

A tecnologia no crescimento das organizações tem sido destaque em todas as áreas de negócio, não apenas por otimizar diversos setores da empresa e auxiliar os gestores a tomar melhores decisões no negócio, mas também por servir como infraestrutura para o relacionamento entre pessoas e empresas, proporcionando uma nova revolução na vida moderna.

Apesar de a tecnologia facilitar o dia a dia das pessoas e, como consequência, das organizações ao trazer para o mundo corporativo uma melhora substancial nas atividades cotidianas, o processo de implementação não é – em sua maioria – algo simples, podendo enfrentar alguns obstáculos como a resistência por parte dos funcionários.

Um dos processos para evitar essa resistência – que pode afetar a produtividade – é prepará-los antes. Reuniões nesses casos são essenciais para criar certa transparência na comunicação, dessa forma, deixando clara a necessidade de adoção do item. Treinamentos e cursos devem ser oferecidos, para que os funcionários se sintam mais capacitados e beneficiados, evitando o equívoco de investir muitos recursos nas tecnologias e pouco nas pessoas que deverão operá-las.

Após o processo de implementação, os primeiros sinais positivos devem aparecer juntamente com os benefícios, como:

  • agilidade — maior rapidez na execução das tarefas;
  • padronização — tarefas padronizadas, documentadas e controladas, possibilitando a manutenção no mesmo nível de qualidade, além de diminuir a necessidade de retrabalho;
  • melhoria nos processos; redução de custos de produção e administrativos;
  • possibilidade de rastrear os processos produtivos — permite que as empresas façam uma engenharia reversa e cheguem a dados básicos dos insumos utilizados na produção de algum bem;
  • segurança nas informações — a manipulação dos dados é minimizada, o que fornece maior segurança em todas as etapas do negócio;
  • confiabilidade — a credibilidade nos processos e nas informações aumenta.

Atualmente, com a tecnologia em nuvem e interfaces intuitivas, fica mais simples adquirir sistemas que efetivamente ajudem sua empresa e, ao mesmo tempo, sejam de fácil adaptação interna.

 

GOSTOU? COMPARTILHE ESTE ARTIGO!
Tags:

Blog mais lidos