9 tendências de gestão financeira para 2023

No início do ano, é comum que as pessoas busquem tendências em diversas áreas para os próximos meses. Embora nem sempre as previsões se concretizem, é interessante acompanhar os movimentos do mercado para estar preparado.

Isso também se aplica na gestão financeira das empresas, afinal a direção que o mercado tomar afetará a forma de conduzir os negócios internamente. E os gestores precisam estar atentos para reagir rapidamente, se for necessário.

Neste artigo, vamos trazer 9 tendências que podem impactar sua empresa e como aproveitar as oportunidades que surgirem com cada uma.

 

Tendências de gestão financeira

2023 deve trazer alguns desafios, por todo o cenário nacional e mundial, mas com planejamento e gestão adequados, é possível ter bons resultados na empresa.

 

1.     Monitoramento de KPIs

Ter um acompanhamento eficiente dos principais indicadores da empresa é fundamental. Afinal, essa é uma das formas mais eficientes de monitorar o desempenho de projetos e índices dos negócios.

Para que a companhia não demore a identificar se alguma área está defasada ou abaixo do resultado esperado, monitorar os KPIs é de extrema importância.

Mas também é preciso cuidar para não acompanhar inúmeros indicadores de desempenho sem necessidade. O ideal é escolher os principais, ou seja, aqueles que apontarão os dados mais importantes e acompanhar esses números ao longo do ano.

Com foco no que é relevante para a gestão da empresa, fica muito mais fácil estabelecer ações para atingir os objetivos propostos.

 

2.     Preocupação com os colaboradores

É muito importante focar na experiência do cliente e desenvolver estratégias para oferecer os melhores produtos e serviços. Mas tudo isso só será realizado com o trabalho dos seus colaboradores.

Por isso, pensar em projetos que beneficiem os times, além de propor melhorias nos processos de trabalho são ótimas maneiras de valorizar os funcionários. Quando as equipes percebem essa preocupação por parte da empresa, sua produtividade aumenta e a taxa de turnover diminui consideravelmente.

E isso é vantajoso para todos, inclusive para a gestão, que pode economizar no seu planejamento de RH, sem perder a qualidade dos serviços prestados para o mercado.

 

3.     Gestão de riscos

Com um cenário muitas vezes instável, os gestores precisarão tomar decisões arriscadas em alguns momentos. Embora não seja possível prever com exatidão os resultados dessas ações, ter um plano para gerenciar os riscos é fundamental.

Mesmo antes de tomar decisões, é interessante mapear o que pode dar errado ou sair do controle e pensar em estratégias para contornar cada caso. Ter o maior número de possibilidades desenhadas ajuda a agir rapidamente se algum cenário se concretizar.

Por isso, realizar a gestão de riscos, estabelecendo ações e projetos para apoiar algum cenário é fundamental para as empresas poderem investir em seus propósitos, mas não serem prejudicadas por terem aceitado algum risco.

Ainda assim, é preciso analisar quais riscos valem a pena serem corridos e quais podem mais prejudicar a empresa do que trazer benefícios. Nesse caso, a criação e análise de cenários é fundamental para apoiar os gestores.

 

 

4.     Investimento em ESG

Cada vez mais o mercado e os clientes buscam por empresas que realizam ações (e acompanham as métricas) de ESG, ou seja, ações ambientais, sociais e de governança.

Negócios que possuem estratégias bem-desenhadas sobre esses assuntos passam mais confiança para seus parceiros, pois procuram ter uma gestão mais transparente e preocupada com o ambiente à sua volta.

Assim, é válido investir em ações e projetos relacionados ao ESG, desde que isso seja realmente importante para a empresa e comece com atividades no seu cotidiano. Afinal, em um ano em que o mercado tende a estar instável e mudar rapidamente, aqueles que se atentam ao ESG se destacam no mercado.

 

5.     Consolidação do Open Finance

O compartilhamento de dados entre instituições financeiras, o Open Finance, não é uma ferramenta útil apenas para pessoas físicas, mas as empresas também podem se beneficiar.

Como muitas companhias estão retomando seus investimentos e buscam crescer em 2023, a procura por linhas de crédito ou programas financeiros tende a aumentar e ter acesso a mais opções é essencial para a empresa escolher a melhor opção.

O Open Finance surge como uma saída para encontrar boas oportunidades em várias instituições financeiras ao permitir o compartilhamento de dados entre elas. Com isso, também é interessante poder comparar as condições de cada oferta, para entender o que se adequa melhor à demanda dos negócios e não comprometer o caixa sem necessidade.

Nesse momento, centralizar as opções disponíveis no mercado em um único software e entender seu impacto nas finanças pode ser um diferencial para a gestão financeira, pois qualquer decisão será tomada de forma mais segura e com mais confiança.

 

6.     Aumento do uso da nuvem

Diversos softwares vêm migrando de infraestruturas físicas para armazenamento dos dados na nuvem, pois é um processo mais barato, seguro e com maior capacidade de memória.

Mas os usuários desses sistemas também se beneficiam, pois podem salvar suas informações com maior segurança, além de ter mais mobilidade para consultar os dados em qualquer lugar e em tempo real.

Outra vantagem é a liberdade de acesso concedida apenas a pessoas autorizadas, o que minimiza a chance de vazamento de informações sensíveis das empresas.

Por isso, considere migrar seus controles financeiros para a nuvem, com softwares adequados para esse fim, trazendo mais agilidade e eficiência para sua gestão.

 

7.     Foco em cibersegurança

Por outro lado, com mais pessoas usando soluções em nuvem, o número de ataques digitais também aumentou. A saída é procurar por empresas que invistam em cibersegurança em seus produtos, para proteger suas informações financeiras.

A criptografia dos dados, o local onde ficam alocados e a estrutura da plataforma devem ser avaliados, a fim de garantir que nenhuma informação sensível vaze e prejudique a empresa de alguma forma.

Assim, é interessante buscar soluções com certificações e boas referências no que diz respeito à segurança dos dados. Também é importante orientar seus colaboradores sobre as boas práticas recomendadas para evitar o vazamento das informações.

 

8.     Automatização de processos financeiros

Para que as empresas possam focar no seu crescimento, é muito importante que os colaboradores dediquem seu tempo para estratégias e diminuam o foco de tarefas repetitivas.

Mas isso só é possível quando os processos financeiros são automatizados, otimizando o tempo e o trabalho da equipe de tesouraria e controladoria. Além disso, com a automação, erros e falhas são minimizados, aumentando a eficiência dos processos.

Existem diversas soluções no mercado, como os softwares da AllStrategy, que proporcionam mais segurança, agilidade e confiança para os dados financeiros.

 

9.     Experiência do cliente

Esse aspecto não é recente, mas continua em alta, pois cada vez mais é necessário investir na experiência do cliente com a empresa. Nem sempre isso quer dizer fazer ações grandiosas ou de alto custo, muitas vezes oferecer um ótimo pós-venda em bons produtos e serviços já faz muita diferença.

Isso porque quando o cliente fica satisfeito, tende a permanecer se relacionando com a empresa, criando uma fidelização com a marca. E é muito mais vantajoso manter os consumidores atuais do que buscar novos, o que traz economia para os negócios.

Assim, é interessante investir em ações pensadas para proporcionar ótimas experiências para os clientes, buscando sempre atender suas necessidades de forma rápida e com qualidade.

 

Procure conhecer seu mercado

Os pontos que trouxemos já vêm sendo sinalizados nos últimos meses e tendem a se intensificar ao longo de 2023. Mas, acima de tudo, é importante conhecer seu público e mercado, entendendo as movimentações que acontecem para agir quando necessário.

Para obter os melhores resultados, é preciso analisar as mudanças que ocorrem e preparar sua gestão financeira, para aproveitar as oportunidades e minimizar riscos que possam surgir ao longo do caminho.

Nesse processo, investir em ferramentas que automatizem sua gestão e tragam melhores respostas é fundamental. A AllStrategy há 20 anos desenvolve soluções para a área financeira e tem apoiado a gestão de centenas de empresas, conheça os softwares.

 

 

GOSTOU? COMPARTILHE ESTE ARTIGO!
Tags:
2023 AllStrategy. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Fresh Lab - Inteligência em Marketing Digital