Planejamento financeiro: Gerencie sua empresa com o seu smartphone.

Hoje em dia, fazemos quase tudo com o auxílio de um celular. Desde pagar contas, efetuar compras, conversar com pessoas do mundo todo, ler notícias ou até mesmo livros, baixar músicas e vídeos, entre outras coisas.

Não é à toa que as pessoas criaram uma dependência ao uso de dispositivos móveis, já reconhecida como patologia pela medicina moderna. No entanto, ainda há resistência a utilização de tais dispositivos para gerenciar empresas.

Planejamento financeiro

A preocupação com a segurança e a eficácia de aplicativos de gestão orçamentária, faz com que os gestores prefiram continuar no método convencional do que usufruir da mobilidade que tais ferramentas proporcionam.

Está na hora de mudar certos conceitos. Vamos lá?

 

Liberte-se de velhos paradigmas.

Renato é diretor financeiro de uma indústria farmacêutica. Tal empresa tem unidades de negócios em vários estados, com diversos centros de custo e uma ampla variedade de produtos. Constantemente, Renato precisar viajar para visitar as filiais, fechar contratos, realizar auditoria, entre outros compromissos.

Por mais que Renato receba em seu e-mail todos os relatórios, o parecer dos gestores, o andamento dos processos, ele precisa abrir várias planilhas, consolidar as demonstrações contábeis, enviar novos e-mails para diferentes destinatários para solicitar alterações e ainda sim, saber que precisaria estar no escritório para acessar os dados do sistema e resolver outras pendências.

Planejamento financeiro

 

Vamos pensar um pouco. Se Renato usa o aplicativo do seu banco para realizar pagamentos, transferências e movimentações, realizar compras na Netshoes ou no Submarino, administrar as suas redes sociais e ainda baixa músicas e vídeos pelo o seu smartphone, por que Renato ainda não utiliza tal dispositivo móvel para gerenciar as finanças da sua empresa?

 

Segurança em primeiro lugar

O que ainda impede que muitos gestores utilizem aplicativos de gestão orçamentária é a preocupação com segurança. Há uma tendência em achar que dispositivos móveis são mais vulneráveis à ataques do que computadores de mesa. Porém, isso não é verdade.

As empresas desenvolvedoras de softwares estão constantemente investindo em tecnologia para aumentar a segurança contra invasões de hackers e perda de dados. O armazenamento na nuvem, que ainda desperta desconfiança de usuários mais conservadores, tem a informação contida ali criptografada e dividida em várias partes, o que dificulta e muito, o acesso de pessoas não autorizadas.

Planejamento financeiro

 

No caso da gestão financeira, tais aplicativos possibilitam que o administrador conceda autorização de acesso por usuário, horário e dispositivo. Toda a movimentação fica registrada e o responsável pode acessar os dados de qualquer lugar com acesso à internet, proporcionando que o gestor acompanhe todos os processos em única ferramenta.

 

As vantagens de utilizar o software de gestão orçamentária

Agora imagine se Renato utilizasse um aplicativo que possibilitasse, não só o acompanhamento do planejamento orçamentário, como também a análise de performance dos indicativos de desempenho, o acompanhamento em tempo real dos planos de ação, análise de DRE, realizar projeção de fluxo de caixa, entre outros recursos.

Com certeza, Renato faria uma melhor gestão do tempo, ganhando muito mais mobilidade para realizar o planejamento financeiro, além de proporcionar uma projeção orçamentária mais transparente para diretoria e demais gestores, o que possibilitaria a governança corporativa na empresa.

Planejamento financeiro

 

E as vantagens não param por aí. Há softwares de gestão orçamentária que possibilitam a projeção de cenários, o acompanhamento do planejado X realizado, Forecast, planejamento de investimentos, entre outras funcionalidades. Ainda há possibilidade de realizar o planejamento de RH com projeção de folha por colaborador, unidades de negócios e centros de custo. Além de realizar consolidações das demonstrações contábeis, auditoria de valores ou até mesmo o orçamento base zero.

Ficou interessado? Então pesquise mais sobre esse tema aqui no nosso blog.

 

Se você gostou desse artigo, compartilhe nas suas redes sociais. Deixe seu comentário abaixo.