Planejamento financeiro: Expectativa X Realidade.

Expectativas. O final do ano se aproxima e com ele, os sonhos, desejos, metas para o próximo período. É natural que pensemos que o ano que chega será melhor que o anterior, mas há quem diga que expectativa é frustração. Por que será?

A resposta mais plausível é que na maioria das vezes desejamos algo sem nos planejar para alcançar tal objetivo. Da mesma forma, que não realizamos uma projeção adequada de custos, datas e prazos e muitas vezes deixamos a preguiça falar mais alto.

Para uma empresa, não é possível simplesmente deixar o barco correr a mercê da correnteza, nem simplesmente contar com a sorte e esperar que as coisas aconteçam conforme foi imaginado. O Planejamento estratégico é essencial para que a instituição faça a projeção orçamentária de forma assertiva, com um melhor controle de budget e uma gestão inteligente de despesas.

 

Expectativa + Planejamento = Realidade

Profissionais de controladoria e gestão estão acostumados a realizar a análise de DRE e recorrer a projeção do fluxo de caixa para desenvolver o planejamento orçamentário. No entanto, é preciso ter atenção redobrada às necessidades de unidades e centros de custo para que a projeção financeira não fique defasada.

O planejamento de RH vai auxiliar os gestores a projetar todas os encargos e despesas comuns ao setor a fim que eles não causem um impacto negativo no caixa, se acumulado com outros gastos da empresa. Além disso, o planejamento de investimentos possibilitará o cálculo de parcelamento, depreciação e prazos de bens que serão adquiridos pela instituição.

As vendas também precisão de um planejamento especial, para determinar metas por região, unidades, produtos e vendedores. No caso de indústrias, a projeção de volumes e custos também é muito indicada para um bom controle financeiro empresarial.

 

Revolucione sua gestão orçamentária

Em 2017, não perca mais tempo. Por mais que o processo orçamentário exija bastante dos gestores, não é preciso ter uma equipe grande, passar meses desenvolvendo o planejamento econômico, utilizando diversas ferramentas.

Hoje em dia, muitas empresas estão utilizando softwares de gestão orçamentária que possibilitam determinar o orçamento empresarial muito mais rápido, contando com uma análise de performance assertiva por meio de relatórios de fácil visualização, dashboards com atualização em tempo real e uma consolidação de resultados em poucos segundos.

Além disso, é possível realizar projeção de cenários, forecast e GMD, com muito mais mobilidade e eficiência. Há modelos que possuem armazenamento na nuvem, backup de alta disponibilidade, SAAS e mais de 1.000 funcionalidades específicas para uma melhor gestão financeira.

Comece 2017 com o pé direito na sua empresa.

 

Se você gostou desse artigo, compartilhe nas suas redes sociais. Deixe seu comentário abaixo.